Últimas

“Nós temos que influenciar de modo que enxerguem a força de nossa fé”

28/09/2016 – 16:00

Cantor, JP Mathias lança o álbum A Esperança é a Primeira que Nasce e fala sobre os cristãos



“Nós temos que influenciar de modo que enxerguem a força de nossa fé” Imagem: Reprodução

A Esperança É a Primeira que Nasce é o título do novo trabalho de JP Mathias. O artista, natural de Campinas, trabalha com influências do pop rock e gravou seu trabalho em seu próprio estúdio. “Gravamos com muita calma e tranquilidade, o resultado nos deixou bem felizes”, disse ele.

Acerca do título, o cantor esclarece. “A Esperança É a Primeira que Nasce vai na contra mão do dito popular “a esperança é a última que morre”. Com isso eu quis mostrar que, aquele que crê em Cristo, não vê sua esperança morrer e sim nascer. Eu entendo que nós cristãos temos que influenciar as pessoas de modo que eles enxerguem em nós a força de nossa fé”.

O disco é o segundo trabalho de JP. Em comparação ao primeiro, chamado Mais Longe, o artista crê que evoluiu. “Acredito que a diferença é que nesse novo trabalho eu estou mais experiente e pude aproveitar e extrair mais pontos positivos de minha voz”, contou.

“Sem contar que, o fato de eu estar fazendo em meu próprio estúdio me permitiu experimentar modos de gravação, timbres, pedais e as guitarras foram gravadas com amplificadores valvulados e o mesmo cuidado foi tomado com os outros instrumentos”, complementa.

O projeto contém as participações de Felipe Godoi, Karla Byanca e Queila Chaves. O repertório é totalmente autoral. Em relação às apresentações, Mathias afirma que pretende, nos próximos meses, apresentar novas novidades e dar continuidade ao seu trabalho solo, que é desempenhado paralelamente aos seus trabalhos como engenheiro de som e técnico de estúdio.

“No momento optei em ter uma estrutura mais enxuta de banda. Eu (baixo e voz), Allan Oliveira (bateria) e Alan Vinicius (guitarra). Estamos preparando o novo show que estreia em breve, contará com musicas de meus dois CDs e com grandes clássicos do pop/rock evangélico”, afirma.


Fonte: Gospelprime.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook