Últimas

O dia em que o Barcelona triturou o Celtic… mas perdeu

Pela Uefa Champions League 2012/13, os Blaugranas dominaram completamente os Hoops, mas saíram de campo derrotados

Nesta terça-feira (13), Barcelona e Celtic irão estrear na Uefa Champions League 2016/17. Os Hoops vão visitar os Blaugranas no Camp Nou, e o duelo começará às 15h45 (de Brasília).


GOALLEIA MAIS: GOAL
Relembre um Barça x Celtic épico | Ronaldinho já brilhou contra o Celtic | A ligação especial entre Neymar e Celtic


O confronto não é novidade. Os rivais já se enfrentaram 12 vezes na história, sendo sete vitórias catalãs, três empates e dois triunfos dos escoceses. O time azul-grená balançou as redes em 21 oportunidades, enquanto os Hoops marcaram 10 gols. A expectativa para esta terça é que o Barcelona, em casa, com um time superior tecnicamente, taticamente, coletivamente e individualmente, vença o embate sem muitas dificuldades e amplie a vantagem histórica, por mais que o Celtic viva um bom momento, com direito a goleada por 5 a 1 sobre o rival Rangers no Old Firm do último sábado (10). No entanto, a equipe catalã sabe que é sempre bom tomar cuidado com o adversário.

Um exemplo ocorreu na temporada 2012/13 da Uefa Champions League. Como acontece em 2016/17, Barcelona e Celtic estavam no mesmo grupo, mas ao lado de Benfica e Spartak Moscow. Naquele torneio, os dois avançaram à fase final, com o Barça em primeiro e os Hoops em segundo. O time escocês foi eliminado logo nas oitavas, perdendo para a Juventus por 5 a 0 no placar agregado, enquanto os Blaugranas chegaram até a semifinal, quando sofreram as históricas goleadas para o Bayern de Munique: 4 a 0 e 3 a 0.

No entanto, o duelo entre Barça e Celtic, no Celtic Park, também entrou para a história. O Barcelona, então comandado por Tito Vilanova, visitou os Hoops querendo uma vitória para disparar na liderança da chave. Busquets era desfalque e Fàbregas, David Villa e Piqué começaram o jogo no banco. Ainda assim, o Barça tinha Messi, Alexis Sánchez, Xavi, Iniesta, Dani Alves, Jordi Alba e Mascherano em campo. Era, inegavelmente, favorito.

(Fotos: Getty Images)

Contra um limitado Celtic, com duas linhas de quatro compactas e completamente recuado, o Barcelona provou sua enorme superioridade: controlou o jogo inteiro, teve incríveis 89% de posse de bola, inacreditáveis 23 finalizações, sendo 14 no alvo e absurdos 955 passes trocados ao longo dos 90 minutos. O time escocês trocou apenas 166 passes e finalizou somente cinco vezes, todas acertando o gol. O placar final? 2 a 1 para o Celtic.

É isso mesmo.

O improvável aconteceu, e o Celtic ainda alcançou duas marcas históricas: o Barça não perdia fora de casa na fase de grupos da Champions desde 2006, quando foi derrotado pelo Chelsea, em Stamford Bridge, por 1 a 0. Além disso, um dos gols dos Hoops foi marcado por Victor Wanyama, que se tornou o primeiro queniano a balançar as redes na competição europeia.

Por isso, o Barcelona sabe que é favorito e tem um time superior ao Celtic em todos os sentidos, mas precisa tomar cuidado nesta terça-feira.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook