Últimas

Ora Bolas: Ex-santista superou dor de barriga de um mês para virar referência do Besiktas

Zagueiro Marcelo teve trabalho com a pimenta antes de suar a camisa na briga pelo título do campeonato turco



GOAL Por Bruno Andrade


Campeão nacional depois de seis temporadas na fila e única equipe da Turquia na fase de grupos da Liga dos Campeões, o Besiktas tem o setor defensivo como um dos principais trunfos para o sucesso recente. Jogador de confiança do treinador Senol Gunes, o zagueiro brasileiro Marcelo é um dos destaques do time.

Apesar de ter chegado ao futebol turco há apenas nove meses, o defensor revelado pelo Santos, onde jogou entre 2007 e 2008, e com passagens por PSV e Hannover 96, já se sente adaptado. Mas, por culpa da comida apimentada, ele não teve vida fácil nas primeiras semanas.

“Sofri um pouquinho no começo, tive um problema de estômago. Foi um mês bem complicado, a comida daqui tem muita pimenta, é muito forte. Lembro que comi em um restaurante típico com meus agentes logo que cheguei. Não foi um dia bom para mim (risos). Demorou, mas melhorei”, explicou Marcelo, hoje com 29 anos, em entrevista ao Blog Ora Bolas .

“A adaptação na Turquia costuma demorar, mas tive facilidade por causa da língua. Falo inglês e alemão, muitos turcos falam alemão. Cheguei no meio do campeonato, o time já era líder, então corri contra o tempo e procurei errar o menos possível. Me esforcei ao máximo para atingir o nível dos meus companheiros. Felizmente, me adaptei rápido e entendi o estilo do jogo da equipe”, completou.

Para justificar o favoritismo interno e desempenhar um bom papel na Liga dos Campeões, o Besiktas fez contratações de peso na última janela de transferências. O lateral-esquerdo Adriano, ex-Barcelona, os meias Talisca, ex-Benfica, e Inler, ex-Leicester, e o atacante Aboubabkar, ex-Porto, foram alguns dos reforços que desembarcaram em Istambul.

“O nosso time vem jogando junto desde o ano passado e, para melhorar, contratou grandes jogadores. O Besiktas é o melhor time da Turquia, com certeza. E o título do campeonato da temporada passada justifica isso. O Galatasaray e o Fenerbahce também trouxeram bons reforços, mas estamos à frente”, finalizou.

O Besiktas estreia na principal competição europeia nesta terça, contra o Benfica, na Luz, pelo Grupo B, que também conta com Napoli e Dínamo de Kiev.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook