Últimas

Palmeiras tem números melhores, mas arrancada do Fla cria equilíbrio para jogo decisivo

Mesmo ao observar estatísticas detalhadas de defesa, meio-campo e ataque, fica difícil saber quem chega com alguma vantagem para partida de quarta-feira


GOAL Por Allan Brito 


É claro que, como líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras tem uma ligeira vantagem nas estatísticas contra o Flamengo. Os números não mentem e mostram que a defesa e principalmente o ataque alviverde geraram uma média melhor durante as 24 rodadas. Porém, se forem observadas apenas as cinco últimas partidas, válidas pelo 2º turno, fica claro por que o Flamengo se tornou o principal adversário do Verdão na briga pelo título. E é nesse clima de equilíbrio que os times farão um jogo com cara de decisão, nesta quarta-feira, no Allianz Parque, às 21h45 (de Brasília).


GOAL VEJA TAMBÉM: GOAL
Tabela do Brasileirão | Diego quer jogo perfeito | Zé Roberto vê “final”


Veja comparação dos desempenhos de Palmeiras e Flamengo, setor por setor, perceba a evolução do time rubro-negro e tire suas próprias conclusões:

Defesa e marcação


Números das 24 rodadas

No total do Brasileirão os números de defesa dos dois times são muito idênticos, mas no 2º turno o Flamengo abriu uma grande vantagem. A quantidade de gols sofridos é praticamente a mesma: 23 do Palmeiras e 24 do Flamengo. A média de desarmes também é parecida: 75% do Palmeiras e 76% do Flamengo. O desempenho nos duelos individuais mostra uma pequena vantagem rubro-negra: 54% contra 50% dos alviverdes.

No Palmeiras o que chama atenção é um sistema de marcação individual em que a intensidade dos jogadores é fundamental. Os palmeirenses marcam com muita concentração e dedicação, por isso ganharam tantas bolas e tomaram menos de um gol por jogo, mesmo sem uma dupla de zaga bem entrosada e às vezes sem um volante de contenção.

Já o Flamengo evoluiu nesse aspecto depois das contrações de zagueiros melhores. Tanto que no 2º turno a vantagem contra o Palmeiras se consolidou: na média o Fla acertou 54,2% dos desarmes, enquanto o Palmeiras ficou com 50,6%; também acertou 77,2% dos desarmes, enquanto o Palmeiras ficou com 70,4%.

Meio-campo e distribuição


Números das 24 rodadas

O Palmeiras tem um meio-campo forte, com jogadores versáteis e que sabem trabalhar as jogadas e manter a posse de bola. Mas os números do Flamengo são muito mais impressionantes. Os passes certos dos volantes Márcio Araújo e Willian Arão são a base de um time que costuma ter mais posse de bola, com números impressionantes.

Chama atenção a média de passes certos do Flamengo no Brasileirão: 82%. O Palmeiras tem 77,5%, o que também é um número bom. O mesmo acontece no número de passes por jogo: o Palmeiras tem em média 421, mas o Flamengo supera, com 451,9. 

A melhora do Flamengo dessa vez é percebida na média de posse de bola. No geral do campeonato o Palmeiras tem números um pouco melhores: 54% contra 53%. Porém, nos cinco jogos do 2º turno, o Fla criou uma imensa vantagem: 82,1% contra 70,6%.

Ataque e finalização

É aqui que aparece a grande vantagem do Palmeiras no Campeonato Brasileiro. Baseado nas grandes atuações de Gabriel Jesus e Dudu, apoiados por Moisés, Cleiton Xavier e Tchê Tchê, o time tem mostrado uma grande versatilidade de armas. Até a zaga, com as jogadas aéreas para os zagueiros, virou preocuparação para os defensores adversários. Enquanto isso, o Flamengo ainda luta para encontrar sua melhor formação no ataque, até por causa das chegadas de reforços durante o campeonato. Tudo isso se reflete em números. O Palmeiras tem dez gols a mais e muito mais chutes certos: média de 51,8% contra 38,5% do Fla. 

Porém, no 2ºturno o time rubro-negro ameaça melhorar o desempenho ofensivo e conseguiu uma pequena vantagem por enquanto: fez nove gols, enquanto o líder fez sete. E os chutes certos de ambos pioraram bastante, ficando praticamente iguais: 32,3 do Palmeiras e 32,5% do Flamengo.

Conclusão


Teremos um jogão no Allianz Parque (Foto: Divulgação/ Flamengo)

Os números mostram que os dois times têm desempenhos parecidos na defesa, o Flamengo leva grande vantagem no meio-campo e na distribuição de bolas, mas o Palmeiras tem um ataque muito superior. 

A arrancada recente do Flamengo faz com que ele esteja um pouco melhor, mas a importância disso é relativa, afinal eles enfrentaram adversários bastante diferentes. O Palmeiras encarou adversários teoricamente mais duros, como Grêmio, Fluminense e Atlético-PR. O time carioca pegou equipes que lutam contra o rebaixamento, como Vitória, Sport e Chapecoense.

O Palmeiras tem como vantagem o fato de jogar em casa. É o melhor mandante do Brasileirão, com 80,5% de aproveitamento e contará com uma grande festa, pois a torcida já comprou 27 mil ingressos antecipadamente. Mas aí aparece mais um contraponto de equilíbrio: o Flamengo é o melhor visitante, com 55,5% de aproveitamento.

Fica realmente difícil concluir quem tem algma vantagem. A única certeza possível é que esse jogo realmente desequilibrará muitas estatísticas do Brasileirão.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook