Últimas

Paulão defende rompimento com o PMDB e entrega de cargos no governo do Estado

Deputado federal e candidato a prefeito também lamentou a oposição da bancada alagoana

 

O deputado federal e candidato a prefeito de Maceió, Paulão (PT), se pronunciou sobre o Impeachment da então presidente da república, Dilma Rousseff, reforçando a tese de golpe. Através de nota, o maior líder do Partido dos Trabalhadores em Alagoas, defendeu o rompimento com o PMDB, bem como a entrega dos cargos no governo do Estado.

Paulão apontou o episódio do Impeachment como “Página Obscura da História” e criticou a postura do PMDB de Renan Calheiros, durante a votação e pede medidas que vão afetar o governo de Renan Filho em Alagoas.

“Também é lamentável a postura do PMDB na votação do Senado, principalmente a posição da bancada alagoana. Não enxergo outro caminho a não ser o rompimento da participação do PT nos espaços do Governo de Alagoas (esta é uma opinião pessoal. A decisão quanto a alianças compete à instância partidária)”, afirmou.

Paulão ainda lamentou a saída de Dilma Rousseff e apontou que o maior “crime”, foi ter tirado milhões de brasileiros da miséria. “Mesmo sem ter cometido crime, Dilma sai. Mulher honesta, brava, o verdadeiro coração valente que não baixou a cabeça para seus algozes durante o regime militar, muito menos agora. O único crime cometido por ela e o PT foi tirar da miséria absoluta mais de 30 milhões de brasileiros. Isso a elite política e econômica do país nunca aceitou”, concluiu.

Confira a nota do parlamentar:

PÁGINA OBSCURA DA HISTÓRIA


31 de agosto de 2016, uma página obscura a ser escrita na História do Brasil. Mais uma vez, venceu o golpe. A democracia foi ferida mortalmente. Prevaleceu a conspiração daqueles que não se conformaram com o resultado das urnas.

Mesmo sem ter cometido crime, Dilma sai. Mulher honesta, brava, o verdadeiro coração valente que não baixou a cabeça para seus algozes durante o regime militar, muito menos agora. O único crime cometido por ela e o PT foi tirar da miséria absoluta mais de 30 milhões de brasileiros. Isso a elite política e econômica do país nunca aceitou!

Também é lamentável a postura do PMDB na votação do Senado, principalmente a posição da bancada alagoana. Não enxergo outro caminho a não ser o rompimento da participação do PT nos espaços do Governo de Alagoas (esta é uma opinião pessoal. A decisão quanto a alianças compete à instância partidária).

Nossa trincheira é continuar na luta ao lado do povo brasileiro, com destaque para aqueles que mais sofrem.

A luta continua! #PelaDemocracia

Paulão

Deputado Federal e candidato a Prefeito de Maceió pelo PT

 

cadaminuto

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook