Penedenses comemoram reconstrução de ginásios e reforma de escola

Governador Renan Filho e secretário da Educação, Luciano Barbosa, assinarão ordens de serviço nesta terça-feira (6), às 11h.

 

O clima no município de Penedo é de comemoração, após o anúncio de reconstrução de dois ginásios esportivos pertencentes a escolas estaduais. O governador Renan Filho e o vice-governador e secretário da Educação, Luciano Barbosa, assinarão as ordens de serviço nesta terça-feira (6), às 11h.

 

O ginásio Padre Manoel Viera, corroído pelo abandono, foi um dos principais locais de eventos esportivos da cidade. Alexsandro Santos e Fábia Nunes, pais de três filhos, moram em frente às ruínas do ginásio há mais de 15 anos.

 

“Ainda estou um pouco desacreditado; foram tantas promessas e o local está assim, abandonado há mais de 15 anos. Eu joguei muita bola aí. O ginásio vivia lotado; vinha gente de todos os cantos; era muito bom”, conta Alexsandro Santos.

 

Fábia Nunes também praticou esporte no imenso ginásio com arquibancadas de concreto. “Nós jogávamos vôlei, basquete e tantos outros esportes. Assistir o prédio se deteriorando, caindo, é muito triste”, lamenta a moradora do bairro.

 

Para o governador Renan Filho, investir na recuperação de escolas e ginásios esportivos é agregar ao ensino outros valores fundamentais para a formação da criança e do adolescente.

 

“É um grande avanço para a Educação, porque dá oportunidade ao estudante de passar mais tempo na escola, ter acesso à cultura, ao esporte, ações muito importantes na formação do cidadão,” ressaltou Renan Filho.

 

Renan Filho anunciou que o Governo do Estado também irá reconstruir o ginásio da Escola Estadual Ruth Mendonça, desativado há três anos, após ser condenado pelo Corpo de Bombeiros e Defesa Civil. No final de agosto, parte da estrutura de ferro caiu e o local está fechado para os estudantes.

 

Cerca de 600 crianças e adolescentes que estudam na unidade, que atende do 3º ao 9º ano, têm aula de Educação Física em espaços improvisados. Agora, esta realidade será mudada.

 

“Estamos na maior expectativa. Até porque, ter um equipamento deste, abandonado, sem termos como reformar, só serve de abrigo para vândalos e até usuários de drogas”, conta a diretora-geral Andrea Lima Dantas.

 

Escola no Centro Histórico

 

Outra grande espera é pela reforma geral da Escola Estadual Gabino Besouro, que fica no Centro Histórico de Penedo, e há 16 anos não passa por nenhuma obra de manutenção. Atualmente, o local atende a 420 estudantes.

 

Os rejuntes das salas de aula caíram e muitas janelas estão com os vidros quebrados. A direção, com recursos do programa ‘Escola da Hora’, disponibilizados pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), conseguiu recuperar os banheiros da parte de baixo, mas como são muitos reparos, é preciso mesmo uma intervenção maior.

 

Pedido da direção e principalmente dos alunos, como da pequena Emily, de 9 anos, que pontua tudo o que gostaria de ver melhor na escola. “Precisa melhorar os banheiros do segundo andar, arrumar as paredes e janelas e, também, precisamos dos ventiladores; é muito calor”, diz a estudante.

 

Agência Alagoas

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook