Últimas
rio-largo

Polícia recolhe documentos suspeitos de crime eleitoral em comitê de Rio Largo

Candidato foi denunciado por compra de votos; operação encontrou lista com suposto cadastro de eleitores

 

As Polícias Civil (PC) e Militar (PM) cumpriram cinco mandados de busca e apreensão em Rio Largo, na manhã desta quarta-feira (28), por suspeita de compra e venda de voto por parte da coligação do candidato Marcelo Victor (PSD). Ele concorre ao cargo de prefeito do município.

De acordo com o delegado Manoel Acácio Júnior, de Rio Largo, os mandados foram cumpridos no comitê de Marcelo Victor, no centro da cidade, e em endereços de pessoas ligadas à campanha, entre eles a chácara da candidata à vice-prefeita, Fátima Correia. Uma suposta lista de eleitores, o que indicaria um cadastro eleitoral, foi encontrada pelos policiais. 

 

Operação foi motivada por denúncia de compra de votos

FOTO: Cortesia

A relação trazia diversos números de títulos de eleitores e, além disso, a operação também recolheu documentos e computadores para comprovar as denúncias. Denúncia dava conta de que a coligação ainda teria feito cerca de 30 mil cadastros para bandeirinhas e fiscais sem constar na prestação de contas.

 

Os mandados foram expedidos pela juíza Marcly Guimarães Aguiar, da 15ª zona eleitoral. Participam da ação Polícias Militar, Civil e Federal, com apoio de equipes do Tático Integrando de Grupos de Resgates Especiais (Tigre), da Radiopatrulha e do 8º Batalhão, que cobre a área de Rio Largo

 

Gazetaweb

 

 

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook