Últimas

Quando comemorar aniversário? Uma dúvida que une Ronaldo, Pelé e Garrincha

Neste 22 de setembro, Ronaldo comemora 40 anos… mas na verdade, o eterno camisa 9 nasceu dois dias antes

Gols históricos e jogadas plásticas. Nome marcado na história do futebol mundial, idolatria em clubes alvinegros. Deuses do futebol quando o assunto é Seleção Brasileira. São muitas as coincidências que podemos enumerar ao compararmos Garrincha, Pelé e Ronaldo Fenômeno.

Mas uma pouco falada diz respeito ao nascimento destes craques, heróis de títulos do Brasil em Copas do Mundo: a confusão relacionada ao dia do nascimento.

Ronaldo foi um dos grandes heróis do título mundial de 2002 (Foto: Gabriel Bouys/AFP/Getty Images)

Ronaldo Luís Nazário de Lima nasceu, de fato, no dia 18 de setembro. No entanto, como o seu pai, Nélio, teve que correr para arranjar dinheiro para registrar o caçula, demorou quatro dias para ir para um cartório. Chegando lá, disse que Ronaldo nascera no dia 22. Motivo da mentira? Fugir da multa pelo atraso!



GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Ele era magrinho! As mudanças de R9 | Ronaldo: de Bento Ribeiro para o mundo | Tudo sobre a Seleção!


Edson Arantes do Nascimento nasceu em 21 de outubro, mas Pelé sempre comemorou o seu aniversário dois dias depois – dia de seu batismo. O registro daquele que viria a se tornar o maior jogador de futebol da história, foi feito quase um mês depois de seu nascimento (19 de novembro de 1940).

Pelé nasceu no dia 21, mas comemora aniversário em 23 de outubro (Foto: Arquivo/CBF) 

A confusão acontece porque o próprio Pelé sempre ‘assopra as velinhas’ no dia 23, e relata isso até mesmo em sua autobiografia: “Já faz mais de 65 anos que vim ao mundo, em 23 de outubro de 1940. Foi uma longa jornada, mas estranhamente não há nela quase nada que eu não consiga recordar”, relata Edson Arantes… estranhamente deixando de recordar o seu verdadeiro nascimento.

O registro de nascimento de Manuel dos Santos mostra: 18 de outubro de 1933. No entanto, Garrincha nasceu na verdade em 28 de outubro do mesmo ano. É que o pai do Anjo das Pernas Tortas se confundiu quando foi registrar o filho, lá pela primeira semana de novembro: disse 18 quando na verdade deveria ter acrescentado uma dezena de dias a mais.

No livro “Estrela Solitária, um brasileiro chamado Garrincha”, o biógrafo Ruy Castro ainda fornece detalhes do escrivão que registrou oficialmente o nascimento de Manuel:  o “coronel Cornélio” seria um profissional que gostava de beber bastante enquanto exercia o seu ofício.

Mas se há confusão a respeito dos aniversários de Pelé, Garrincha e Ronaldo, a certeza é em relação aos presentes que eles deram aos torcedores do futebol brasileiro: um total de cinco Copas do Mundo, levando em consideração suas participações nos elencos que levantaram o caneco mais importante do futebol.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook