Últimas

Quando o assunto é Neymar, a Colômbia se divide entre admiração e broncas

Craque brasileiro é admirado pelos colombianos pelo seu futebol e lances mágicos, mas também perde o afeto deles pelas polêmicas

Segundo os jornalistas da Goal Colômbia, assim como no Brasil, Neymar é um assunto polêmico, que causa divisão na Colômbia. O craque do Barcelona é admirado por seu futebol, mas também é criticado pelos problemas e algumas atitudes, principalmente quando enfrenta justamente os Cafeteros, adversário que o jogador do Barcelona tem enfrentado muitas vezes nos últimos anos e que, até certo ponto, se tornou um rival atual do escrete canarinho.


GOALLEIA MAIS: GOAL
Lúcio acredita em melhora de Neymar sem a faixa | James é um no Real e outro na Colômbia | Tite analisa duelo com os Cafeteros


A polêmica tem sido um ingrediente extra em cada partida entre Brasil e Colômbia desde que Neymar passou a ser o grande astro tupiniquim. Antigamente, os duelos entre canarinhos e cafeteros costumava ser mais cordial, mas hoje convive com muita violência.

Na Copa do Mundo de 2014, quando ocorreu a polêmica entrada de Zúñiga que tirou Neymar do restante do Mundial, muitos colombianos gostaram da atitude do brasileiro, que fez as pazes com o lateral e disse que não existia problema. No entanto, poucos meses depois, Neymar, durante um duelo com os Cafeteros, se irritou ao levar uma entrada do jogador e o provocou: “depois me liga para pedir desculpas, filho da p***”.

A atitude reforçou uma imagem negativa que Neymar carregava na Colômbia. Se por um lado, o craque era admirado por seu futebol, por outro, muitos colombianos não gostavam do estigma de cai cai, que o acompanhou no Santos e em seu início no Barcelona, e o entrevero com Zúñiga não melhorou isso.

Depois, na Copa América em 2015, sua briga com Carlos Bacca e o destempero absurdo, com Neymar, então capitão da Seleção Brasileira, perdeu a cabeça e foi expulso, causou ainda mais indignação dos colombianos e piorou a imagem do craque no país.

(Fotos: Getty Images)

Nos Jogos Olímpicos, a relação de amor e ódio foi amplificada. Após um início ruim, Neymar teve boas atuações e comandou o Brasil na conquista da inédita medalha de ouro. No entanto, no caminho ele ajudou a Seleção a eliminar a Colômbia em mais um jogo repleto de polêmica. Com várias faltas e reclamações, os canarinhos venceram os cafeteros, que cometeram várias infrações para tentar parar Neymar. O tupiniquim teve boa atuação, criou boas chances, mas novamente se envolveu em confusão.

Para os colombianos, Neymar é um craque mundial, que tem um talento absurdo, mas também atitudes questionáveis, um temperamento explosivo em campo e está sempre envolvido em polêmicas. Neymar, na Colômbia, é amado e odiado.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook