Últimas

Secretaria de Estado de Saúde confirma mais dois casos de febre maculosa em Minas

Foram confirmados mais dois casos de febre maculosa em Minas Gerais. A informação é da Secretaria de Estado de Saúde (SES) e foi divulgada nesta quinta-feira. Das duas contaminações, confirmadas ontem e divulgadas nesta manhã, uma ocorreu em BH. Em relação à outra vítima, está sendo realizada uma investigação epidemiológica para definir o local da infecção, conforme a Secretaria.

Com esse, já são dois casos confirmados na capital mineira. O primeiro é o do garoto de 10 anos que visitou o Parque Ecológico da Pampulha em agosto, e morreu no início deste mês. Em relação ao segundo caso, a SES não divulgou o local de BH onde ocorreu a contaminação.

No último sábado, dois homens de 36 e 84 anos deram entrada no Hospital Eduardo de Menezes com suspeita da doença. O paciente mais novo é cozinheiro e mora na divisa com Sabará. Na noite da sexta-feira ele deu entrada na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Nordeste com febre, manchas na pele e dor no corpo. O homem relatou ter sido picado recentemente por carrapatos.

Já o idoso mora em BH, mas estava em viagem pelo interior. Ele foi atendido na UPA Pampulha com febre, dor no corpo e manchas vermelhas. Ele relatou ter tido contato com cavalos na cidade de Guanhães, no Leste de Minas. Nenhum dos dois relatou ter ido à Pampulha, onde a doença vem sendo atacada em Belo Horizonte.

A Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig), responsável pelo Hospital Eduardo de Menezes, informou que ainda não há confirmação de que os casos confirmados pela SES são os dos pacientes internados. O em.com.br entrou em contato com a Fundação Ezequiel Dias (Funed) e aguarda resposta.

Ainda segundo a Secretaria de Estado de Saúde, Minas Gerais registrou 12 casos de febre maculosa, sendo que quatro pessoas morreram. Os casos confirmados ocorreram em Tombos (1), Divinópolis (4), Chiador (1), Belo Horizonte (2), Antônio Dias (1), Senador Modestino Gonçalves (1) e Mathias Barbosa (1). Já as mortes foram registradas em Divinópolis (2), Belo Horizonte (1) e Antônio Dias (1).


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook