Sem Messi, é Arda! Turan prova ser útil como alternativa no ataque

O meia saiu do banco para decidir para o Barcelona diante do Borussia Mönchengladbach na Champions League

OPINIÃO

Tudo fica bem quando termina bem. Esse foi o caso do Barcelona contra o Borussia Monchengladbach na Champions League na última quarta-feira (28). Foi um mau desempenho no geral, mas os três pontos foram conquistados o que, no final, era o que importava.

Na ausência de Lionel Messi, o Barça saiu atrás após o gol de Thorgan Hazard. Equipes espanholas geralmente encontram dificuldades na Alemanha e depois que o Real Madrid ficou no empate em 2 a 2 com o Borussia Dortmund na terça-feira (27), foi a vez dos catalães enfrentarem um rival da Bundesliga.

Sem Messi, a expectativa era que Luis Enrique colocasse Arda Turan no ataque, mas em vez disso, o asturiano escolheu Paco Alcácer ao lado de Neymar e Luis Suárez. Foi uma decisão, no entanto, que, sem dúvida, ele lamentou mais tarde.

 Getty Images

Alcácer foi anônimo no primeiro tempo, envolveu menos do que qualquer dos outros 10 jogadores do Barça, incluindo o goleiro Marc-Andre ter Stegen, que estava fazendo o seu retorno à terra onde ele emergiu como um jovem talentoso antes de se mudar para o Camp Nou em 2014.

Alcácer completou apenas quatro passes em seus 53 minutos em campo. Ele ainda precisa de tempo para se adaptar ao seu novo ambiente e os torcedores do Barça podem estar pensando que manter Munir El Haddadi no clube teria sido uma melhor opção.

No entanto, os jogadores precisam de tempo para se ajustar ao estilo complexo de jogo do Barca e Arda é um excelente exemplo. O meio-campista foi decepcionante na temporada de estreia no clube, marcando apenas dois gols e sempre demorando para acertar o tempo da bola. Muitos torcedores pediam pela saída dele.

 Getty Images

Mas ele tem sido importante desde então e foi novamente na quarta-feira, saindo do banco para decidir. Ele mudou o jogo e não muito tempo depois, Gerard Piqué virou o placar, auxiliado por um erro do goleiro Yann Sommer.

No entanto, nada disso teria acontecido sem a entrada de Arda no lugar de Ivan Rakitic aos 59 minutos. O meia empatou a partida, melhorou o time do Barça e chegou perto de marcar outro gol depois de deixar tudo igual.

Arda tem cinco gols e quatro assistências já em 2016-17 e ainda é setembro. Ele já alcançou muito mais do que ele fez na temporada passada, o que é uma boa notícia para Luis Enrique, especialmente com Messi fora e Alcácer lutando.

Sem Leo na quarta-feira, foi a vez de Arda decidir para o Barça.



GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Jatinho de CR7 passa por problemas | Neymar decisivo | “Liverpool de Klopp vai longe”



Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook