Últimas

Sem Sul-Americana, Flamengo ganha vantagem no Brasileirão mas pressão aumenta

Time de Zé Ricardo terá semana livre para treinamentos enquanto adversários diretos ainda seguem disputando uma competição paralela

Depois da eliminação precoce na Copa Sul-Americana o Flamengo volta as atenções apenas para o Campeonato Brasileiro. Diferente dos demais concorrentes pela taça, o Rubro-Negro é o único time que está em apenas uma competição.

 

O que pode coloca-ló numa certa vantagem mas que também aumenta a pressão. Restam apenas 11 rodadas para o time de Zé Ricardo. No caso do Palmeiras, além dessas 11 rodadas ainda tem o duelo da volta contra o Grêmio, no Allianz Parque. Caso chegue até a final, o time de Cuca disputará cinco jogos a mais que o Flamengo.

 


(Foto: Getty Images)

 

O mesmo acontece com o Atlético-MG que venceu o Juventude por 1 a 0 na primeira partida das quartas de final da Copa do Brasil, na próxima quarta o Galo encara o adversário, no Alfredo Jacone, em Caxias do Sul.

 

Apesar de certo prejuízo financeiro, em termos de tempo para treinar e foco, o Flamengo sai em vantagem neste momento do Campeonato. Sem viagens internacionais e jogos desgastantes.

 

Porém diante desta situação a pressão pelo título do Campeonato Brasileiro pode se tornar maior já que o time caiu em quatro competições de mata-mata somente este ano. Com grandes investimentos no elenco isso é considerado um desastre, principalmente em caso de fracasso também no Brasileiro.

 


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

 

Apesar da eliminação e de uma maior pressão no Brasileirão, o técnico Zé Ricardo afirmou que o luto durou até uma conversa direta que teve com o elenco.

 

“Conversamos ontem antes do treinamento, e eu passei para eles o que estava sentindo. Não minto, senti bastante a derrota, queríamos seguir na competição, mas sigo dizendo que fizemos o planejamento certo. Mas enfrentamos uma equipe bem preparada também. Meu luto durou até o papo com eles. Abstive o sentimento após a conversa, porque é assim mesmo”.

 


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

 

O treinador também não escondeu enxergar um lado positivo na eliminação e destacou a tranquilidade do grupo.

 

“Eles estão muito mais tranquilos do que eu poderia sugestionar. O Brasileiro, talvez pela igualdade das equipes, é um campeonato com um grau de dificuldade muito grande. A maioria deles já têm vivência no Brasileiro. De forma bem simples, a gente precisa focar naquela partida. Tem um lado bom de não estar na Sul-Americana que é poder visar o adversário próximo em semanas cheias”.

 


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

 

O Flamengo embarcou nesta sexta-feira para São Paulo onde encara o Tricolor Paulista, no Morumbi, nesta sábado, às 16h00. O duelo é válido pela vigésima oitava rodada do Campeonato Brasileiro. 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook