Últimas

STF adia, de novo, decisão sobre remédios que não estão na lista do SUS

Não foi dessa vez que pacientes com doenças raras, dependentes de remédios fora da lista do SUS, obtiveram um parecer do Supremo Tribunal Federal (STF). Na noite desta terça-feira, a corte definiria a obrigatoriedade do poder público em oferecer medicamentos que não estão na lista do Sistema Único de Saúde (SUS) ou não são registrados pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa). Após três votos, a sessão foi adiada após o Ministro Teori Zavascki pedir vista do processo. 

No dia 15 de setembro, a análise do processo foi suspensa pela primeira vez, após o pedido de vista do ministro Luís Roberto Barroso. Na noite de terça-feira, famílias e pacientes que necessitam dos medicamentos fizeram vigília em frente ao STF para protestar por uma decisão favorável.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook