Últimas

Titular mais uma vez, Pratto celebra: "poderei dizer que joguei com Messi"

Camisa 9 do Atlético-MG comemora nova oportunidade na seleção argentina contra a Venezuela; craque do Barcelona está fora

Lucas Pratto tem motivos para celebrar e também para lamentar. Na última quinta-feira (1), ele fez sua estreia na seleção argentina, e logo como titular, em um clássico contra o Uruguai e atuando ao lado de Lionel Messi. O camisa 9 do Atlético-MG viu, de perto, o gênio do Barcelona decidir a partida e ter uma grande atuação em seu retorno ao escrete albiceleste. Seu primeiro jogo por seu país foi inesquecível.


GOALLEIA MAIS: GOAL
Messi explica porque ficou loiro | Messi é dúvida no Barça | Messi sonha em voltar ao Newell’s


Agora, Pratto tem mais motivos para celebrar. Nesta terça-feira (6), ele será novamente titular, desta vez contra a Venezuela, às 20h (de Brasília), fora de casa, também pelas Eliminatórias Sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018. No entanto, ele não terá Lionel Messi, que lesionado, voltou para Barcelona, ao seu lado. O atacante, porém, é só alegria.

“Tive a chance de ser contemporâneo do Leo (Messi) e conseguir o que poucos conseguiram: dividir o campo com o melhor do mundo. Eu poderei dizer aos meus filhos que joguei com Messi”, afirmou Pratto ao TyC Sports.

(Foto: JUAN MABROMATA/AFP/Getty Images)

O atacante do Atlético-MG também comentou o duelo com a Venezuela. “Eles não têm nada a perder. A Venezuela vai querer ganhar em casa para mostrar que pode ir adiante. Eles devem pressionar o meio e devemos superar isso para chegar ao gol. Pode ser um jogo de poucas chances, como contra o Uruguai, apesar de que a Venezuela não vai esperar tão atrás”.

Com Pratto em campo, Bauza já confirmou o time titular da Argentina, que terá os desfalques de Messi e Dybala: Romero; Zabaleta, Otamendi, Funes Mori e Rojo; Mascherano, Biglia, Banega, Lamela e Di María; Pratto.

A Argentina é líder das Eliminatórias com 14 pontos, um a mais que Uruguai, Colômbia e Equador, que ocupam as posições seguintes. O Brasil é o quinto com 12, mesma pontuação do sexto Paraguai. A Venezuela é a lanterna, com apenas uma unidade.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook