Últimas
tj

Tribunal do Júri de Penedo julga mulher acusada de matar o marido

Maria Cleonice Xavier já foi absolvida do crime, em 2012, mas promotoria interpôs apelação alegando que o julgamento foi contrário às provas dos autos 

 

O Tribunal do Júri da Comarca de Penedo julga a ré Maria Cleonice de Oliveira Xavier, acusada de matar o marido, Edeilson José Gomes, em março de 2007. A sessão, presidida pelo juiz Antônio Rafael Wanderley Casado da Silva, deve terminar apenas no final da tarde desta quarta-feira (14).

    Em depoimento, Maria Cleonice confessou o crime, mas disse ter agido em legítima defesa. Ela contou que viveu por cerca de três anos com medo de morrer, pois sempre que o marido bebia ele se tornava violento e a agredia física e verbalmente.

    “Ele me batia muito e ameaçava me matar se eu contasse para alguém, por isso não tinha coragem de ir à delegacia. Quando ele bebia já era certo que eu apanharia. Convivi anos com esse medo. Quando o vi com um revólver apontado para o meu peito, só pensei em salvar a minha vida, não tive escolha e agi em legitima defesa”, afirmou.

    A acusada já foi julgada em 2012, sendo na ocasião absolvida. O Ministério Público interpôs apelação pleiteando novo júri sob o argumento de que a decisão do Conselho de Sentença foi contrária às provas nos autos.

    “As provas são indiscutíveis. O exame de corpo delito não apresenta indícios de violência da vítima contra a acusada, como foi alegado pela defesa. Pela segunda vez voltamos ao júri esperançosos em se fazer justiça e não deixar a impunidade prevalecer”, afirmou o promotor Sitael Jones Lemos. A defesa da ré tem à frente a defensora pública Josicleia Moreira.



Matéria referente ao processo nº 0000351-48.2007.8.02.0049



Bárbara Guimarães – Dicom TJ/AL

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook