Últimas

Uma década separa os dois piores líderes da Série B ao fim de 25 rodadas, e o Vasco é um deles

Nos últimos dez anos, todos os cinco times que tinham uma diferença menor nesta altura do torneio, conseguiram subir

O Vasco da Gama conseguiu acabar com uma sequência de cinco jogos sem vitórias no último sábado (10), ao bater o Atlético-GO. Depois, na 25ª rodada da Série B, saiu na frente diante do Goiás. Só que levou o empate nos minutos finais. Apesar do resultado, segue inabalável na primeira posição do certame.

Até o momento, o Gigante da Colina ainda não saiu do topo da tabela ao final das rodadas da segunda divisão. É o grande time do torneio, seja na composição do elenco ou na história como instituição. Ninguém duvida disso. Mas não quer dizer que a campanha seja espetacular.

Muito pelo contrário.

Recentemente, Jorginho tem sido cada vez mais criticado pelos resultados (nos últimos 10 jogos na Série B, foram 5 empates, 3 vitórias e 2 derrotas). Apesar disso, é consenso que o trabalho do treinador ainda tem um saldo muito positivo: um legado que vem desde o final da temporada 2015 e passa pelo título estadual com invencibilidade histórica. E, lógico, pela liderança.

Rodrigo saiu em defesa de Jorginho (Foto: Friedemann Vogel/Getty Images Sport)

Nesta quinta-feira (15), o zagueiro e capitão Rodrigo saiu em defesa de Jorginho: “Quando tem muita derrota, começam a inventar coisas, de grupo rachado, essas coisas. Futebol é só resultado. Quando não vem, começam a plantar um monte de coisas que não há no nosso time. Se vencermos, teremos um ambiente mais tranquilo”, disse, garantindo que o grupo está fechado com o comandante.


GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Resultados do Vasco na Série B | Torcedor do Vasco cansou…e números provam | Próximos jogos


A pressão é fruto de uma frustração, de ter acreditado que o time iria bater recordes positivos na Série B. Mas até o momento, faz “somente” uma campanha segura. Embora esta segurança também esteja escorada na incrível fragilidade dos adversários.

Nos últimos dez anos, após a 25ª rodada somente o Sport havia pontuado menos do que o Vasco. O Cruzmaltino soma 45 pontos, contra 43 que o Leão da Ilha tinha em 2006. O espaço de uma década separa os últimos piores líderes da competição de acesso. Mas o desempenho inferior aos demais não quer dizer que o retorno à primeira divisão esteja mais ameaçado.

A diferença para o quinto colocado é segura: 7 pontos separam o Cruzmaltino do time que ficaria de fora da próxima edição da Série A. Todas as cinco equipes que tinham diferença menor, em relação à do Vasco, no período abordado, subiram. E somente o Sport, em 2006, não foi campeão (foi vice do Atlético-MG).

Uma curiosidade positiva que une os dois times é que ambos foram campeões estaduais nas mesmas temporadas.

O Vasco ainda está em um caminho seguro para alcançar o principal objetivo do ano. Mas se enganava quem acreditava que seria fácil. E tem muita bola para rolar antes de o campeão ser definido.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook