Últimas

Velório do presidente da Portela será nesta terça-feira, na quadra da escola

Selminha Sorriso e Marcos Falcon (Foto: Reprodução/Facebook)Selminha Sorriso e Marcos Falcon (Foto: Reprodução/Facebook)

O velório de Marcos Falcon, presidente da Portela e marido da porta-bandeira Selminha Sorriso, vai acontecer nesta terça-feira, 27, a partir das 8h, na quadra da escola, em Madureira, Zona Norte do Rio. O enterro será no Cemitério Jardim da Saudade, no Sulacap, na Zona Oeste. Em nota, a assessoria da agremiação lamentou a morte de Falcon, que foi assassinado a tiros dentro de seu comitê político, na tarde desta segunda-feira, 26.

“A diretoria da Portela e todos os segmentos da escola, profundamente consternados, comunicam o falecimento do presidente Marcos Falcon, de 52 anos. A diretoria da Portela decretou luto oficial de dez dias. Todos os eventos que seriam realizados nos próximos dias na quadra foram cancelados. As atividades no local só serão retomadas no dia 6 de outubro. O barracão da Cidade do Samba também não funcionará nos próximos dias”, informa a nota oficial.

Veja o comunicado na íntegra

A diretoria da Portela e todos os segmentos da escola, profundamente consternados, comunicam o falecimento do presidente Marcos Falcon, de 52 anos. Ele foi morto na tarde desta segunda-feira dentro do seu comitê eleitoral, localizado na Rua Maria José, em Campinho, na Zona Norte do Rio.

Falcon, que ocupava a presidência da Portela desde maio deste ano, disputava uma vaga na Câmara de Vereadores do Rio pelo Partido Progressista (PP). Ele deixa mulher, filhos e netos.

O velório será realizado na quadra da Portela, em Madureira (Rua Clara Nunes 81), a partir das 8h desta terça-feira. O corpo será enterrado no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, no entanto, o horário da cerimônia ainda não foi definido.

A diretoria da Portela decretou luto oficial de dez dias. Todos os eventos que seriam realizados nos próximos dias na quadra foram cancelados. As atividades no local só serão retomadas no dia 6 de outubro. O barracão da Cidade do Samba também não funcionará nos próximos dias.

Conforme prevê o estatuto da Portela no caso de vacância do cargo de presidente, o vice-presidente Luis Carlos Magalhães assume automaticamente o posto de mandatário da Portela.


Fonte: Ego.globo.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook