Vocalista do Trazendo a Arca, Luiz Arcanjo marca reencontro com a MPB


18/09/2016 – 14:00


Luiz prepara novo disco solo pela Sony com influências da música popular brasileira e letras poéticas




Vocalista do Trazendo a Arca, Luiz Arcanjo marca reencontro com a MPB
Imagem: Divulgação

O cantor, compositor e poeta Luiz Arcanjo, vocalista e principal autor das músicas gravadas pelo Trazendo a Arca, está prestes a lançar seu segundo trabalho solo. O artista mantém uma carreira paralela em que o som congregacional de sua banda dá lugar às influências da música popular brasileira e as letras ganham novas abordagens.

Foi o caso de seu álbum de estreia como artista solo, lançado em 2009. O disco Luiz Arcanjo, distribuído de forma independente, somou onze faixas produzidas pelo músico Jamba, com musicalidades diversas. Agora, em 2016, Luiz pretende dar continuidade ao seu trabalho com um novo projeto, a ser lançado com distribuição da gravadora Sony Music Brasil.

O artista manifestou o desejo de produzir o novo disco publicamente pela primeira vez ainda em 2012, em entrevista ao portal Comunhão. “Estou planejando gravar um próximo CD no ano que vem e estou compondo para álbum. Estou muito entusiasmado, mas não tenho pressa, quero fazer com tempo e qualidade”, tinha dito o artista.

Os planos do artista ficaram definidos, de forma mais clara, no ano passado. Em novembro, por meio de uma entrevista ao Super Gospel, o intérprete adiantou algumas informações. “O repertório está praticamente fechado e já posso adiantar que está muito forte, será um disco de MPB e possivelmente será o Jamba quem vai produzi-lo. Quanto à participações, posso dizer que será um time violento de músicos e cantores amigos”.

O disco foi gravado nos últimos meses. No entanto, a produção musical ficou a cargo do tecladista Kleyton Martins, responsável por assinar o mais recente disco do Trazendo a Arca, Habito no Abrigo. Além disso, entre os músicos previstos na ficha técnica, as participações de André Mattos e Isaac Ramos, também integrantes do grupo fluminense, estão confirmadas pelo cantor.

A obra também prevê a participação de vários músicos da cena MPB brasileira. No primeiro disco de Luiz, participaram Cláudio Infante (bateria) e André Neiva (baixo). Em seu novo trabalho, Luiz trouxe o baixista André Vasconcellos, responsável por gravar com artistas como Djavan e Jorge Vercillo.

“Estou super empolgado com o som que estamos tirando do CD que estou gravando. Depois de seis anos de longa espera pelo segundo CD solo você vai poder conferir em setembro. Mais Brasil do que nunca!”, disse Luiz em seu perfil no Instagram.


Fonte: Gospelprime.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook