Últimas

Zidane mostra preocupação com lesões de Casemiro e Marcelo

Os jogadores brasileiros já não enfrentam o Las Palmas nesta rodada da Liga Espanhola

Líder da Liga Espanhola, o Real Madrid enfrenta o Las Palmas neste sábado (24), pela 6ª rodada do campeonato. O time tenta reencontrar o caminho das vitórias, após empatar com o Villarreal dentro de casa, e o técnico Zinedine Zidane está preocupado com o excesso de lesões neste início de temporada, incluindo dos brasileiros Casemiro e Marcelo, que ficarão de fora pelas próximas semanas.  



GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Marcelo para por um mês | Ancelotti provoca presidente do Real | Benzema no Arsenal?


“Estou sempre preocupado quando alguém se machuca. São dois que estavam sendo titulares, mas no final não pudemos fazer nada. Tomara que seja menos grave e que voltem rápido para nós. Em breve teremos um grupo grande e poderemos fazer substituições, como vai acontecer amanhã e nos dias em que faltarem jogadores”, disse o francês.  

“Eu sei o que Casemiro e Marcelo representam. Vamos ver amanhã, porque temos outra partida na terça-feira. Termino uma partida e já começo a pensar em outra. É o que vamos fazer amanhã. Há jogadores, há problemas quando alguns estão em falta, mas não mais”, acrescentou.  

Na partida contra o Villarreal, o trio BBC voltou a jogar junto no time titular. No entanto, eles passaram em branco, e tanto Bale quanto Benzema acabaram sendo substituídos no segundo tempo por Lucas Vázquez e Morata, este último entrou bem e foi bastante incisivo na etapa final. Ainda assim, Zidane segue valorizando a importância do sue trio de atacantes titulares.  

“É verdade que haverá momentos complicados, e temos de tomar decisões, mas acho que os jogadores estão prontos. O BBC está bem, muito bem, todos os dias estão melhorando. Nós esperamos muito deles, eles tem muita obrigação, mas eles sabem que isto é assim, esperamos mais coisas vindo deles. Mas eu estou muito feliz com o seu trabalho”, garantiu Zizou. 

“Nós não vamos falar muito sobre Cristiano, porque levaria meia hora ou mais, mas vou enfatizar sua motivação, não vou dizer que não é normal, mas nem todos têm. Ele tem muita qualidade, mas acima de tudo tem a sua motivação. Nem todo mundo pode marcar sempre. Eu sempre digo que a parte mais difícil é marcar gols e depois parar de marcar, mas também é difícil ter essa motivação sempre”, finalizou. 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook