Últimas

​Jogo contra Figueirense iniciou “campanha de título” do Palmeiras no 1º turno

Verdão goleou time catarinense, conseguiu vitórias importantes e, se repetir esse desempenho, provavelmente será campeão brasileiro em 2016


GOAL Por Allan Brito 


No 1º turno do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras teve um resultado ruim contra o Cruzeiro, mas reagiu muito bem depois: conquistou 14 pontos nos oito jogos seguintes, inclusive com uma goleada impressionante contra o Figueirense. Neste domingo (16), o Palmeiras precisa repetir tudo isso para ser campeão brasileiro em 2016. E tudo começará pela partida contra o time catarinense, às 17h (de Brasília), em Florianópolis.

Veja números dos dois times:

A explicação é matemática: hoje o Palmeiras tem 61 pontos e, se conseguir aqueles 14 pontos novamente, chegará a 75. É justamente essa pontuação que o clube tem apontado como objetivo para o título, baseado nos campeonatos anteriores e nos desempenhos dos adversários deste ano.

“O Flamengo, em 2009, foi o campeão com menos pontos, acho que 67. Já teve equipes campeãs com 81, mas acho que esse ano deve sair o campeão com 72 a 74”, afirmou Cuca em agosto. Depois ele repetiu essa projeção em outras entrevistas. 


Cuca revelou suas contas desde o começo do 2º turno (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

De acordo com o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais, um time que chega a 75 pontos possui 85% de chances de ser o campeão. O matemático Tristão Garcia afirma praticamente o mesmo, pois aponta que o ideal para ser campeão é 76 pontos. 

Porém, como esta edição do Campeonato Brasileiro tem sido mais equilibrada do que a maioria, é normal que o campeão tenha uma pontuação menor que a média. O 1º turno já indicou isso, pois o Palmeiras foi o campeão desta fase com menor pontuação desde 2006, 36.

Mas para todas essas contas fazerem sentido é preciso que o Palmeiras foque no jogo contra o Figueirense e repita aquele desempenho que gerou uma goleada de 4 a 0 no Allianz Parque. Naquela partida, Moisés e Róger Guedes jogaram muito bem, e Gabriel Jesus fez dois gols. Chamou atenção a velocidade do ataque palmeirense diante da lenta defesa do Figueirense.

Não dá para esperar que a partida desse vez seja igual. Os times mudaram bastante, principalmente o Figueirense, que trocou até o técnico – era Vinicius Eutrópio e hoje é Marquinhos Santos. Em relação ao time daquele jogo, o Palmeiras perdeu Fernando Prass por lesão, mas ganhou o reforço de Yerry Mina. Também mudou o local da partida, desta vez será no Estádio Orlando Scarpelli, mas isso não é tanto problema para o Verdão, que é o melhor visitante do campeonato até agora.

 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook