Últimas

Ancelotti diz que é fácil seguir os passos de Guardiola

Treinador italiano que assumiu o posto do espanhol, revela que promoveu mudanças na equipe, porém elogia a base encontrada no Bayern de Munique

O técnico do Bayern de Munique, Carlo Ancelotti, insiste que provou ser fácil seguir os passos de Pep Guardiola na Allianz Arena.

O atual treinador do Manchester City conquistou três títulos consecutivos da Bundesliga com o Bayern antes de partir para o futebol inglês. Com a mudança, Ancelotti foi contratado como seu sucessor depois de deixar o Real Madrid, há um ano.

Os bávaros têm desfrutado de um início louvável sob o comando de Ancelotti, apesar de uma derrota na Champions League para o Atlético de Madrid e um empate na Bundesliga. 

Apesar da boa “herança”, o ex-técnico do Chelsea insiste que ele teve que mudar muito pouco o trabalho nos campeões alemães.

“É fácil porque a equipe conhece de futebol e possui uma qualidade fantástica”, disse à Goal quando perguntado sobre a transição.

“Eu acho que eles construiram esta qualidade com Guardiola. Eu achei a equipe estava em muito, muito boa forma, bom estado de conservação e com grande conhecimento.”

“As bases foram realmente boas, então eu nunca quis mudá-las. Cada treinador tem a sua própria idéia de futebol, então eu tentei implementar minha idéia sem ter uma revolução.”

“Eu sei o que a equipe está fazendo muito bem, porque eles aprenderam muito nos últimos três anos. Eu tento fazer algo novo.”


(Fotos: Getty Images)

“Às vezes, quando você traz novas ideias os jogadores tornam-se mais focados, eles ganham mais concentração.”

“Essa é a minha personalidade”, disse para a Goal ao comentar as declarações de CR7. “Acho que o que você deseja mostrar em uma relação é a sua própria personalidade”.



GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Ancelotti elogia Guardiola | Muller deu a volta por cima | Ancelotti concorda com CR7


As primeiras ações do Bayern sob comando de Ancelotti sugerem os seus jogadores estão com mais liberdade em suas funções quando comparado ao período de Guardiola, fato que o italiano nega e diz que busca incutir organização na sua equipe. Mesmo assim ele reconhece pequenas diferenças em seu estilo ao de seu antecessor.

“Mais liberdade? Não. Os jogadores têm o plano de jogo. Existem táticas e organização”, disse ele.

“Eu quero colocar uma equipe em campo e não 11 jogadores. E se você quiser colocar uma equipe existem algumas regras que os jogadores têm de seguir. Você tem que dar mais espaço para a criatividade dos jogadores, espaço para o seu talento. Mas ainda há regras.”


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook