Últimas

Apesar da boa fase na Seleção, G. Jesus não tem brilhado no Palmeiras

Atacante fez apenas um gol em oito jogos, acertou menos passes, errou mais chutes e ainda deve jogar no sacrifício contra o Cruzeiro


GOAL Por Allan Brito 


Nos últimos dois meses, Gabriel Jesus fez quatro gols em quatro jogos pela Seleção Brasileira e se firmou como solução para o ataque do time de Tite. Porém, todo esse brilho não se repetiu pelo Palmeiras: nos últimos oito jogos ele fez apenas um gol, uma marca que ainda não tinha acontecido neste ano.



GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Notícias do Palmeiras | Tabela do Brasileirão | Jesus comenta comemoração


No dia 4 de julho, Jesus jogou contra o Sport e fez um gol. Depois, se apresentou à Seleção Brasileira olímpica e conseguiu a medalha de ouro inédita. Começou a trilhar seu sucesso com a amarelinha. Mas quando voltou para o clube, passou três jogos sem marcar.

O último gol que ele fez pelo Palmeiras foi importantíssimo: contra o Flamengo, no Allianz Parque, ele decretou o empate que segurou o embalo do time carioca. Mas depois disso ele emendou uma sequência de mais quatro jogos sem marcar.

Durante essas oito partidas pelo Palmeiras, nem todas atuações de Gabriel Jesus foram ruins. Ele continua se dedicando como sempre, briga por cada bola, seja defendendo ou atacando. Tem a mesma mobilidade, dá trabalho para os adversários, se posiciona bem… Mas falhou diversas vezes na frente do gol. Perdeu boas oportunidades para marcar ou pelo menos das boas assistências para os companheiros de equipe.

Nada disso faz com que ele deixe de ser importante para o Palmeiras, portanto é muito provável que ele jogue contra o Cruzeiro, nesta quinta-feira, às 19h30 (de Brasília), pela Campeonato Brasileira. Mas vai atuar no sacrifício, afinal não terá nem 48 horas para se recuperar do jogo pelo Brasil. Se conseguir se recuperar do cansaço rapidamente e brilhar como no início do Brasileirão, provará no Palmeiras por que tem feito tanto sucesso pela Seleção.

 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook