Bárbara Borges fala sobre os benefícios da relactação: “Aumentou minha produção de leite”

Bárbara Borges e o caçula Theo Bem, de um mês e meio - Foto: Reprodução/ Instagram

Bárbara Borges e o caçula Theo Bem, de um mês e meio – Foto: Reprodução/ Instagram

Bárbara Borges usou sua página no Instagram, nesta terça-feira (04/10), para falar sobre a relactação, uma técnica usada por mães que não tem muito leite, mas querem continuar amamentando para estimular a produção.

Na rede social, a atriz mostrou como se faz e falou um pouco sobre os benefícios. Ao postar a foto acima, em que aparece amamentando o filho caçula, Theo Bem, Bárbara explicou:

“Relactação. Conhece? Já ouviu falar? São muitos os benefícios da relactação para as mulheres que enfrentam dificuldades na amamentação e que querem continuar amamentando. Eu fiz com o Martin e agora estou repetindo com o Theo”, escreveu.

“É uma técnica de amamentação em que a mãe oferece para o bebê o leite que ela tirou, ou o artificial, que fica armazenado em um recipiente, através de uma sonda colocada estrategicamente ao lado do bico do peito para que o neném faça a complementação necessária sem deixar de mamar no peito e ingerir o leite materno”, explicou.

Bárbara Borges e o caçula Theo Bem, de um mês e meio - Foto: Reprodução/ Instagram

Bárbara Borges e o caçula Theo Bem, de um mês e meio – Foto: Reprodução/ Instagram

Ainda no post, a artista contou que decidiu fazer a relactação por que não produz a quantidade de leite que o filho necessita:

“A amamentação do Theo não é exclusiva. Eu também tiro meu leite mas ainda assim preciso oferecer leite artificial algumas vezes. Tenho me esforçado fazendo acupuntura e tomando homeopatia numa tentativa de aumentar minha produção de leite para ficar no aleitamento exclusivo mas tem sido bem difícil”, disse.

“Até aumentou minha produção de leite mas ao mesmo tempo, como ele vai ganhando peso e crescendo, a demanda dele de leite vai aumentando também e fica puxado pensar em ficar só no peito. Mas vou tentando! Se não der, de qualquer maneira, valeu a tentativa também! Por isso, eu indico: mães, antes de partir pra mamadeira, experimentem a relactação”, finalizou.

Vale lembrar, que antes de iniciar qualquer tratamento ou técnica, é necessário consultar o seu médico ou especialista.


Fonte: Cenapop.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook