Billy Graham: Desastres naturais nos lembram da necessidade de nos ajudarmos

11/10/2016 – 11:00

Evangelista foi questionado se tragédias são instrumentos do juízo de Deus



Billy Graham: Desastres naturais nos lembram da necessidade de nos ajudarmos “Desastres naturais nos lembram da necessidade de nos ajudarmos”

Como a passagem do furacão Matthew pelo Caribe e parte dos Estados Unidos, voltou à tona um antigo questionamento: “Os desastres naturais são um instrumento do juízo de Deus?”. O   evangelista Billy Graham abordou o tema em seu site esta semana.

Deus “certamente” pode usar “desastres naturais para falar conosco, assim como pode usar outras dificuldades e tragédias para atrair nossos corações para Ele”, afirmou o pastor de 97 anos.

Desastres nos lembram “a brevidade da vida”, acrescentou. “Nós podemos ser fortes e bem-sucedidos, e entender que a vida sempre vai ser assim – mas quando ocorre uma catástrofe, percebemos que isso não é verdade.”

Ele citou ainda Isaías 38:17: “Foi para o meu benefício que tanto sofri. Em teu amor me guardaste da cova da destruição”, para lembrar que mesmo na tragédia é possível ver a mão de Deus se movendo.

“As catástrofes também podem nos lembrar da necessidade de ajudarmos os outros, e não se preocupar apenas conosco e com nossos problemas”, Graham exortou seus leitores.

“Eu nunca vou esquecer a maneira como desastres serviram para unir pessoas muito diferentes, especialmente nas igrejas”, destacou.

Aproveitou para lembrar que seu filho, Franklin Graham, que lidera a Associação Evangelística Billy Graham e a missão Bolsa do Samaritano, já visitou algumas das áreas afetadas no Haiti. O ministério levou cerca de 20 toneladas de suprimentos em um avião cargueiro DC-8 e nos próximos dias levará mais voluntários, alimentos e medicamentos para ajudar os haitianos.

Franklin Graham escreveu um post em seu Facebook na sexta-feira. “Vamos para ajudar as pessoas em nome de Jesus … Vidas foram perdidas – precisamos orar por aqueles mais atingidos e todos os que ainda estão no caminho da tempestade perigosa.”

Ao falar sobre a necessidade de todos os cristãos se envolveram quando ocorrerem calamidades como esta, citou Gálatas 6: 2: “Levai as cargas uns dos outros e, desta forma, cumpram a lei de Cristo”.

O experiente líder admite que “não sabemos por que Deus permite que os desastres naturais ocorram… mas o tempo para se preparar para as crises da vida é agora, não quando elas nos sobrevém”. Finalizou dizendo: “Ponha sua fé e confiança em Cristo, e procure viver para Ele todos os dias, não importa o que aconteça.” Com informações de Christian Post


Fonte: Gospelprime.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook