Últimas

Cuca elogia maturidade do Palmeiras, mas elenco tem poucos títulos e é inexperiente

Por enquanto Verdão tem superado um ponto fraco que pode atrapalhar o time na reta final


GOAL Por Allan Brito 


Depois da vitória do Palmeiras contra o Figueirense, o técnico Cuca exaltou a maturidade do seu time na disputa do Campeonato Brasileiro. “Somos um time maduro, que tem a melhor defesa do campeonato e não é à toa”, afirmou. Na verdade é a segunda melhor defesa. Mas o que importa é que realmente a consistência alviverde chama atenção, afinal já são 14 jogos sem perder no torneio, quase sempre na liderança. Mas é algo que surpreende, pois o elenco do Palmeiras é pouco experiente e muitos jogadores estão em busca de seus primeiros títulos nessa competição. Isso inclusive pode atrapalhar nas últimas sete rodadas do Brasileirão.

O Palmeiras não tem jogado bonito, até o próprio Cuca já admitiu que está buscando apenas os resultados positivos nesse momento. E é isso que chama atenção no time, pois mesmo em partidas que se tornam difíceis, pelo menos um ponto é conquistado. E na maioria dos casos a vitória é conquistada com muita dedicação e concentração, algo mais visto em times rodados e “cascudos”.

Mas até agora o Palmeiras superou a inexperiência do elenco. Apenas Edu Dracena, Jean e Egídio já conquistaram pelo menos um Campeonato Brasileiro. Existem alguns outros atletas experientes, como Zé Roberto, Alecsandro, Fernando Prass, Arouca, Cleiton Xavier e Lucas Barrios, mas entre estes apenas o lateral esquerdo de 42 anos tem jogado com frequência como titular – e ainda precisa ser poupado em muitas partidas, como contra o Figueirense.

A base do time é formada por atletas jovens ou que despontaram há pouco tempo. O trio de ataque titular, por exemplo, tem jogadores de 19 anos (Gabriel Jesus), 20 anos (Róger Guedes) e 24 anos (Dudu). A zaga também não é das mais veteranas, com Yerry Mina (22 anos) e Vitor Hugo (25 anos). Principais destaques da equipe, Tchê Tchê e Moisés eram desconhecidos há um ano e não tinham disputado grandes títulos ainda. O goleiro titular, Jailson, tem 35 anos, mas nunca tinha sequer jogado em um time da Série A.



GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Resumo do Brasileirão | Notícias do Palmeiras | Nobre e Bandeira: os culpados


De acordo com Cuca, em vez de ser um problema, a falta de títulos dos jogadores virou uma motivação: “em uma conversa que tivemos no vestiário, estávamos falando quantos de nós já tínhamos sido campeões brasileiros. São poucos. É uma vontade a mais. Isso é trabalho. Aí que a vontade tem de ser maior. Vamos trabalhar nos nossos limites para sermos campeões”.

É cedo para cravar que toda essa inexperiência não atrapalha o Palmeiras. Isso pode fazer diferença contra ele na reta final. Mas Cuca e companhia têm motivos para acreditar que a equipe está madura o suficiente para superar esse ponto fraco.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook