Últimas

Enem abre inscrições para privados de liberdade

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 abriu nesta segunda-feira as inscrições para pessoas privadas de liberdade ou jovens sob medida socioeducativa. Os responsáveis pedagógicos de cada órgão de administração prisional e socioeducativa do país devem cadastrar os candidatos pela internet até 21 de outubro. As provas serão aplicadas em 6 e 7 de dezembro.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), podem participar do exame os órgãos e instituições cujas unidades prisionais e socioeducativas firmaram termo de compromisso com a autarquia. Os estabelecimentos de administração prisional e socioeducativas do país têm até as 23h59, no horário de Brasília, do dia 7 de outubro para firmar termo de adesão, responsabilidades e compromissos, por meio eletrônico, com o Inep.

Enem
Segundo o Inep, na edição de 2015 do Enem, foram inscritos 45,5 mil participantes que cumprem algum tipo de restrição de liberdade — aumento de 19% em relação a 2014, quando foram registradas 38,1 mil inscrições.

A nota do Enem pode ser usada pelas pessoas privadas de liberdade para participar de seleção para vagas no ensino superior e certificação do ensino médio, para aqueles com mais de 18 anos. O exame regular será aplicado em todo o país nos dias 5 e 6 de novembro.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook