Últimas
maceio

Engavetamento na ponte Divaldo Suruagy, em Maceió, deixa feridos

Um casal e uma criança de um ano ficaram feridos e foram socorridos. Motorista da carreta fugiu, mas foi preso pela polícia minutos depois.

 

 

Um engavetamento entre uma carreta e quatro carros deixou uma família ferida no início da noite deste domingo (9), em Maceió. O acidente aconteceu na ponte Divaldo Suruagy, no sentido Maceió para quem volta do Litoral Sul pela rodovia AL-101. O motorista da carreta fugiu, mas foi preso minutos depois pela Polícia Militar.

Um menino de um ano, a mãe e o pai, identificados por familiares como Samara e Ítalo Vital da Rocha, foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O Hospital Geral do Estado (HGE), para onde as vítimas foram levadas, informou que os adultos sofreram traumas, mas sem gravidade. A criança, que estava na cadeirinha com cinto de segurança, foi submetida a exames e passa bem.

Um Ford Ka, dois Palios e um Focus foram atingidos pela carreta. O motorista de um dos carros envolvidos contou que o trânsito seguia normalmente quando o acidente aconteceu. "Eu tinha acabado de deixar minha mãe no Francês e voltava para Maceió. Só senti a pancada na traseira do meu carro, quando vi, a carreta passou do lado arrastando tudo e os outros carros batendo no meu", relatou Perivaldo Vasconcelos, de 50 anos.

Segundo a PM, após a colisão o motorista da carreta fez o retorno embaixo da ponte e voltou para a rodovia. "Ele seguiu em direção ao pólo e se escondeu em um posto de gasolina. Uma equipe do BPRv [Batalhão de Policiamento Rodoviário] encontrou ele e o prendeu", afirmou o cabo Claudemilson.

A PM informou que o suspeito foi encaminhado para a Central de Flagrantes para que a ocorrência fosse registrada. Até as 20 horas ainda não havia informações sobre o que provocou a colisão.

O acidente causou um vazamento de combustível no local, mas já foi controlado. Militares dos bombeiros trabalhavam na limpeza da pista para retirar os veículos. Como só um lado da ponte estava liberado, um enorme congestionamento se formou para quem voltava do litoral.

Palio onde estava a família que se feriu ficou com a traseira completamente destruída (Foto: Cau Rodrigues/G1)
Palio onde estava a família que se feriu ficou com a traseira completamente destruída (Foto: Cau Rodrigues/G1)

 

G1

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook