Últimas

Estilo, passado vitorioso, geração ultrapassada e os pontos positivos e negativos de Oswaldo de Oliveira no Corinthians

Treinador deixou o Sport para assumir o Timão; será a sua terceira vez no clube do Parque São Jorge

Bancada pelo presidente Roberto de Andrade, a contratação de Oswaldo de Oliveira está longe de agradar os torcedores do Corinthians. O treinador, que deixou o Sport para assumir o comando do Timão, fará a sua terceira passagem pelo clube, onde tem boas e más recordações.

Antes da apresentação oficial de Oswaldo no Corinthians, Goal listou os pontos positivos e negativos da chegada do treinador no Parque São Jorge. Confira!


PONTOS NEGATIVOS


Decisão ‘exclusiva’ do presidente

Apesar de não ser um dos nomes favoritos para assumir o Corinthians, a contratação de Oswaldo de Oliveira foi bancada por Roberto de Andrade. Muito criticado pelo que está acontecendo com o clube dentro e fora de campo, o presidente alvinegro, que tem grande apreço pelo treinador, disse que: “Se é para ser xingado e vaiado por decisões que não são minhas, vou tomar as minhas próprias decisões”. 

 © Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Divide ainda mais o clube

A escolha de Roberto de Andrade colocou ainda mais fogo nos bastidores do clube, já que Oswaldo de Oliveira não é unanimidade entre os membros do departamento de futebol, dirigentes, e nem do ex-presidente Andrés Sanchez que, mesmo estando fora do clube, ainda tem muita influência.

Não era um dos nomes preferidos pela torcida

Além de não agradar muitos dentro do clube, Oswaldo de Oliveira também não agrada grande parte da torcida, que não queria que nenhum medalhão assumisse o comando do time. Nomes da ‘nova geração’ como Eduardo Baptista, Roger Machado ou até Fernando Diniz eram mais cotados para o cargo.

Desempenho ruim nos últimos trabalhos

Oswaldo já conquistado muitos títulos no decorrer da sua carreira, mas não podemos negar que ele está em baixa. O treinador estava fazendo um fraco trabalho no Sport, que briga para não cair no Brasileirão, e antes disso, também não foi bem nas suas passagens por Palmeiras e Flamengo.

Números do Sport no Brasileirão 2016:

Considerado um técnico de geração ‘ultrapassada’

Assim como outros grandes treinadores, Oswaldo de Oliveira é considerado um treinador de geração ‘ultrapassada’.

Quarto técnico no ano

Apesar de não ser culpa de Oswaldo, ele será o quarto treinador do Corinthians no ano, o que mostra a instabilidade do clube após a saída de Tite.


PONTOS POSITIVOS


Estilo

Mesmo sem ser unanimidade, Oswaldo tem alguns pontos na sua personalidade que agradam. Mais sossegado, de fala mansa, o novo comandante do Timão gosta de trabalhar o grupo e lembra um pouco o estilo de Tite.

Passado vitorioso no Timão

Em suas duas passagens, Oswaldo conquistou títulos importantes com o clube. Venceu o Campeonato Paulista e o Brasileiro, ambos em 1999, e o Mundial de Clubes em 2000. Quatro anos depois, no seu retorno, teve um fraco de desempenho na equipe Parque São Jorge.

Possibilidade de fazer um grande trabalho

Oswaldo terá uma das suas últimas chances de fazer um grande trabalho em um clube do tamanho do Corinthians.

 Goal BR

Corinthians ainda na briga pela Copa do Brasil

Mesmo com muitos contras, Oswaldo está com o queijo e a faca na mão. O treinador irá pegar uma bucha, mas se conseguir levar o Corinthians ao título da Copa do Brasil, irá salvar a temporada do Timão, e queimar a língua dos seus críticos.

Tempo para planejar 2017

Escolhido pelo presidente do Timão, Oswaldo terá tempo – se os resultados ajudarem – para planejar 2017, auxiliar na escolha dos reforços e quem sabe até montar o time do seu jeito.



GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Os jogos da 30º rodada do Brasileirão | Vilson se desculpa por soco em Marciel | Brasileirão: os melhores visitantes



Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook