Estudantes tentam ocupar Diretoria de Ensino de SP e são conduzidos à delegacia

Um grupo de estudantes tentou ocupar a Diretoria de Ensino da Região Centro-Oeste, bairro Sumaré, na capital paulista. De acordo com a Polícia Militar, 21 jovens foram abordados por volta das 22h de ontem e conduzidos em seguida para a delegacia. A mobilização dos jovens foi contra a proposta de reforma no Ensino Médio e a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, que estabelece um teto para os gastos públicos por 20 anos.

A secretaria estadual de Segurança informou não ter dados sobre o ocorrido. De acordo com a Secretaria Estadual de Educação, os estudantes não causaram prejuízos e a diretoria funciona normalmente nesta quinta-feira . Em nota divulgada nesta semana, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo informou que fará um debate com alunos antes que sejam implementadas as mudanças propostas pela Medida Provisória 746/2016, que trata da reforma do ensino médio.

Escolas

Em protesto contra as mudanças, os alunos chegaram também a ocupar quatro escolas no estado. Na última terça-feira, a ocupação foi na Escola Estadual Newton Pimenta Neves em Campinas, interior paulista.

Um grupo permaneceu cinco dias na Escola Estadual Ossis Salvestrini Mendes, em Sorocaba, interior paulista, até ser retirado pela Polícia Militar. Na mesma cidade, foi ocupada e desocupada espontaneamente pelos alunos no mesmo dia a Escola Hélio Del Cistia. Na capital, a Escola Estadual Caetano de Campos, no bairro da Consolação, foi ocupada na madrugada de sábado e também desocupada no mesmo dia.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook