Freixo defende mais recursos para a saúde no município do Rio

O deputado estadual e candidato à prefeitura da cidade do Rio de Janeiro, Marcelo Freixo (PSOL), afirmou nesta sexta-feira que o recurso colocado à disposição da saúde do município é pequeno para a demanda que o setor exige. Freixo disse que o orçamento foi reduzido em R$ 1 milhão pela atual gestão de Eduardo Paes nos últimos meses. A declaração foi concedida durante visita ao Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon, zona sul do Rio.

“O orçamento mais recente que a prefeitura mandou para a Câmara dos Vereadores reduz em R milhão a verba para a saúde. Isso é muito ruim. Uma área que já passa por tantas dificuldades não pode ter um corte desses. Repito, é necessário mais transparência e valorização do servidor público”, disse.

Ele também disse que o número de servidores da área de saúde no município está aquém do necessário e mencionou concursos públicos. “Aqui mesmo no Miguel Couto há um déficit de pessoal gravíssimo. Temos que fazer mais concurso público sim, mas também respeitar os que estão em vigência, por exemplo, no caso dos enfermeiros. Muitos estão com seu concurso valendo, em vigência, mas não são chamados”, disse.

Sobre a pesquisa de intenção de votos no segundo turno realizada ontem pelo Instituto de Pesquisa Datafolha e que indica Freixo com 27% dos votos e o senador Marcelo Crivella (PRB) com 44%, o candidato disse estar confiante de que a campanha na TV vai atrair mais votos.

“Esses são números de primeiro turno e não de segundo. Nossa campanha de TV, que desta vez será maior e mais igualitária, ainda nem começou e hoje teremos o primeiro debate. Possuímos mais chances de sermos conhecidos por conta desse aumento de tempo de TV, além de termos o menor índice de rejeição”, disse ele.

O candidato Marcelo Crivella não terá agenda pública nesta sexta-feira, pois está se preparando para o debate de televisão, logo mais à noite na Rede Bandeirantes, com o candidato Marcelo Freixo.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook