Geraldo Julio realiza primeira campanha de rua no segundo turno

Em um local que já virou tradição nas campanhas do PSB, o prefeito do Recife e candidato à reeleição Geraldo Julio (PSB) iniciou a campanha de rua no segundo turno da eleição. O local escolhido foi o centro da cidade. Na Praça Maciel, onde aconteceu a concentração, a militância se encarregou de animar o ambiente enquanto aliados, entre eles, o candidato a vice-prefeito Luciano Siqueira (PCdoB), e um grupo grande de pessoas aguardavam a chegada do socialista.

A comitiva chegou por volta das 18h. Geraldo desceu de uma van acompanhado do governador Paulo Câmara, da esposa Cristina Melo, secretários estaduais, deputados federais e assessores. Minutos depois, seguiu pela Rua da Imperatriz, passando pela Ponte da Boa Vista, Rua Nova, Praça da Independência e Rua Duque de Caxias, onde a mobilização foi encerrada. Para o local, estava previsto um comício-relâmpago, que acabou não acontecendo. Segundo a assessoria do candidato, a coordenação da campanha costuma levar a estrutura para ser montanda, mas nem sempre é possível manter o comício nos eventos.

A caminhada durou cerca de 30 minutos. Durante o percurso gritos de guerra em favor do socialista e fogos de artifícios chamaram a atenção dos pedestres e funcionários das lojas. No final, em entrevista, Geraldo Julio afirmou que irá manter a estratégia do primeiro turno, discutindo com a população os problemas da cidade e o melhor caminho para o Recife.

Sobre as declaração do candidato do PT, João Paulo, de que no segundo turno das eleições os eleitores terão a oportunidade de comparar as duas gestões dele na Prefeitura do Recife com a do atual prefeito, Geraldo evitou polemizar. “Essa comparação já foi feita no primeiro turno e nós saímos vitoriosos”, disse.

Da caminhada participaram vários vereadores eleitos, a exemplo de Junior Bocão (PSDB) e candidatos que não foram eleitos para a Câmara. O deputado federal Jarbas Vasconcelos também prestigiou o evento do PSB.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook