Gol de Mina decreta empate entre Colômbia e Uruguai e ajuda Brasil

Seleção de Tite assumiu liderança das Eliminatórias ao vencer a Venezuela

O zagueiro Yerry Mina conquistou a torcida palmeirense em pouco tempo e agora fez a alegria do Brasil inteiro. Afinal, foi dele o gol que decretou o empate entre Colômbia e Uruguai, por 2 a 2, nesta terça-feira (11). Esse resultado permitiu que a Seleção Brasileira assumisse a liderança das Eliminatórias para Copa do Mundo ao vencer a Venezuela. 

Em casa, a Colômbia fez o gol cedo, aos 14min do 1º tempo. Aguilar marcou de cabeça. Mas a reação imediata do Uruguai foi essencial para manter o equilíbrio da partida: Cristian Rodríguez também fez de cabeça aos 26min.

No 2º tempo, apareceu o brilho de Luis Suárez, que ganhou uma disputa no corpo dentro da área e chutou cruzado para o gol. Ele chegou aos 47 gols pelo Uruguai e, com 44 no ano, superou seu companheiro Lionel Messi como artilheiro de 2016.


Suárez fez o gol da virada (Foto: Getty Images)

Porém, a Colômbia conta com o bom cabeceio de Mina, que apareceu de surpresa na entrada da área, aos 39min, e deixou tudo igual. Na comemoração ele mostrou sua tradicional dança que tem feito a festa dos palmeirenses no Campeonato Brasileiro. 

O Uruguai sofreu pressão até o fim e até gostou do empate fora de casa, ficou com 20 pontos e pode ser ultrapassado pelo Brasil, que tem 18. Já a Colômbia foi para 17 pontos, está em quarto lugar, mas pode sair da zona de classificação direta se a Argentina vencer o Paraguai, em jogo que acontecerá às 20h30 (de Brasília).

Veja números de Colômbia 2 x 2 Uruguai

Bolívia 2 x 2 Equador


Equador quase foi surpreendido (Foto: Getty Images)

Outra seleção que está perto do Brasil na tabela, o Equador também empatou fora de casa por 2 a 2. A Bolívia saiu na frente com dois gols de Pablo Escobar, mas Enner Valencia também marcou duas vezes, inclusive com um gol nos acréscimos, e deixou tudo igual. 

Com isso, o Equador também ficou com 17 pontos, mas na frente da Colômbia pelo saldo de gols. Já a Bolívia pulou para oito e segue na penúltima colocação, na frente apenas da Venezuela.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook