renan

Governo de AL convoca professores da Reserva 4 meses após acordo

Acordo havia sido mediado pela Justiça em junho, após ação da Defensoria. Nomes dos convocados devem ser publicados no Diário Oficial de sexta (14).

 

O governo de Alagoas anunciou nesta quinta-feira (13) a convocação de 150 professores que haviam sido aprovados no concurso da Educação de 2013 e faziam parte da Reserva Técnica. A nomeação sai quatro meses após o acordo firmado na Justiça para que eles fossem chamados.

O acordo mediado pelo Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL) foi resultado de uma ação da Defensoria Pública, que representava os aprovados, contra o Estado. O governo lançou a proposta em maio, mas só foi aceita no mês seguinte. À época, a Secretaria da Educação (Seduc) informou que a convocação aconteceria o mais rápido possível.

As nomeações devem ser publicadas no Diário Oficial do Estado de sexta (14). Serão 36 professores de química, 33 de português, 19 de educação física, 17 de artes, 13 de história, 13 de geografia, 11 de inglês e 8 de ensino religioso.

Segundo o secretário da Educação, Luciano Barbosa, esses professores são de áreas mais carentes. "Nós chamamos professores de várias áreas, mas com destaque para química, português, educação física e artes".

 

 

G1

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook