Últimas

Grêmio vence e segue na busca pelo G-6, mas vitória do Atlético-PR atrapalha

Time gaúcho conseguiu ótimo resultado contra o Vitória, mas o Furacão bateu a Chapecoense e segue dentro da zona de classificação para Libertadores

O Grêmio conseguiu um ótimo resultado contra o Vitória nesta quarta-feira (5), pois venceu por 1 a 0, mesmo fora de casa. Os três pontos são importante para o time seguir na busca pelo G-6, mas não é dessa vez que o time gaúcho voltará para a zona de classificação para a Copa Libertadores de 2017. Isso porque o Atlético-PR bateu a Chapecoense por 3 a 1 no mesmo horário, na Arena da Baixada, e garantiu mais uma rodada entre os seis melhores. O Furacão está em sexto, com 45 pontos, e segue dois pontos na frente do Grêmio. O curioso é que os dois times se enfrentarão na próxima rodada, em Porto Alegre. A Chapecoense segue com 38 pontos, três pontos a mais que o Vitória.



GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Tabela do Brasileirão | Notícias do Grêmio | Notícias do Atlético-PR


Apesar de estar bem acima da tabela, o Grêmio não era favorito absoluto contra o Vitória, afinal estava em baixa e tem aproveitamento ruim fora de casa. Mas o time gaúcho conseguiu surpreender desde o 1º tempo, pois criou as jogadas mais perigosas. O atacante Henrique Almeida quase fez um gol, evitado em cima da linha por Kanu. Pouco antes, Pedro Rocha também tinha desperdiçado uma boa oportunidade na pequena área.

A situação do Vitória só piorou no 2º tempo, pois o Grêmio conseguiu o gol já aos 7min. Após cobrança de falta na esquerda, Jailson apareceu sozinho na área e tocou de pé direito para a rede.

Depois disso, o Vitória tentou partir com tudo para cima, mesmo deixando o Grêmio contra-atacar com liberdade. Conseguiu fazer alguma pressão nos últimos minutos, mas faltou criatividade para chegar com perigo ao gol.

Veja estatísticas do jogo:

Atlético-PR 3 x 1 Chapecoense

De forma surpreendente, a Chapecoense saiu na frente, com uma jogada ensaiada em cobrança de escanteio, aos 18min do 1º tempo. Após cobrança rasteira e chute de Cléber Santana, o rebote ficou com o zagueiro Filipe Machado, que tocou direto para o gol.

Mas a vantagem do time catarinense acabou aos 40min, quando o juiz marcou pênalti de Dener em Lucas Fernandes. O volante Hernani foi para a cobrança e deixou tudo igual no placar.

O segundo tempo teve domínio do Atlético-PR desde o início, mas o goleiro Danilo, que já tinha se destacado na primeira parte do jogo, voltou a brilhar. Ele só foi superado a partir dos 38min, quando Pablo subiu sozinho na área para aproveitar cobrança de escanteio e cabecear para o gol. Apenas quatro minutos depois, o jovem Matheus Rossetto acertou um belo chute e fez um golaço para fechar o placar.

Veja números do jogo:

 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook