Últimas

João Paulo: nossa campanha é aberta

Comparação entre governos não se trata de “boatos”. A avaliação foi feita ontem pelo candidato do PT à Prefeitura do Recife, João Paulo. O petista afirmou que não entende porque o prefeito Geraldo Julio (PSB) acusou sua campanha, na última segunda-feira, de espalhar “mentiras”, sem especificar a que se referia. Segundo ele, a posição da coligação Recife pela Democracia é transparente e a mensagem do partido está sendo divulgada nos programas eleitorais de rádio e TV e no site.

“Nossa posição política é de fazer uma crítica à gestão e à fragilidade dela. Isso tem uma aderência muito grande, principalmente nas áreas de periferia”, destacou o candidato. João Paulo não realizou agenda de rua ontem. Ele participou de um almoço com correligionários e concedeu entrevistas a veículos de comunicação.

Seu guia eleitoral à noite priorizou críticas à falta de creches na cidade, baseando-se numa decisão tomada pela Justiça, que teria obrigado a prefeitura a encontrar vagas para crianças até mesmo em instituições particulares. O petista tem explorado bastante o tema da ausência de estrutura para atender às crianças e às mães, frisando que Geraldo prometeu construir 42 creches e só fez 10, porém todas tinham sido licitadas na gestão de João da Costa.

O candidato do PT ainda afirmou que seu antigo vice, Luciano Siqueira (PCdoB), estava sendo “uma decepção”. O comunista atualmente é vice de Geraldo e fez uma narrativa no guia eleitoral do PSB dizendo que “as respostas não estavam no passado”, mas “no Recife que olha para frente”. “Esperava que ele reafirmasse o que viveu nos oito anos que foi governo, mas, acima de tudo, que ele reconhecesse o grande sofrimento que o povo está vivendo nas áreas de periferia”, declarou.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook