Últimas

Justiça ouve testemunhas sobre corrupção em obras da usina nuclear de Angra 3

A Justiça Federal do Rio de Janeiro ouve nesta segunda-feira, 17 depoimentos de cinco testemunhas na Operação Pripyat, desdobramento da Operação Lava Jato que investiga indícios de corrupção nas obras de construção da usina nuclear de Angra 3.

Todas as testemunhas são consideradas colaboradores com as investigações: Fernando Carlos de Carvalho Júnior, Fernando Antônio Faria Vasconcellos, Lauro Antônio Tiradentes de Oliveira Júnior, Elmio Rosa Vieira e Clorivaldo Bisinoto.

Na quarta-feira,  serão ouvidos como testemunhas convocadas pela acusação Ronaldo Ferreira da Silva, João Campos Júnior, Jorge Luiz Guerra e Carlos Roberto da Silva.

Na sexta, a Justiça toma o depoimento de Rafael Carneiro Di Bello, Verônica Hartmann, Lucélia Marília Bella Pacheco e Marco Ferreira Gomes, também testemunhas da acusação.

Mais depoimentos estão marcados para a semana que vem, entre eles o de Flávio David Barra, ex-executivo da construtora Andrade Gutierrez, como colaborador.

A Andrade Gutierrez fechou este ano acordo de leniência com o Ministério Público Federal que previa pagamento de uma indenização de R$ 1 bilhão. A Justiça também homologou delação premiada de 11 ex-executivos da construtora, incluindo depoimentos como colaboradores do ex-presidente Otávio Marques de Azevedo e de Flávio Barra.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook