Últimas

Marcelo Oliveira não joga a toalha

Mesmo reclamando de arbitragem, treinador do Atlético-MG lamentou partida ruim

Como era de se esperar, a derrota do Atlético-MG para o Botafogo jogou um balde de água fria nas expectativas de título. Ainda assim, o treinador do Galo não joga a toalha e diz que é preciso trabalhar e acreditar.

“Com essa diferença vai ficando mais difícil. Mas é o espirito do Atlético acreditar sempre e vamos lutar até o fim. É possível tudo e vamos buscar vitórias, o Palmeiras tem jogos importantes pela frente”, disse o técnico em coletiva.

“Nós pagamos caro pelo início. Por mais que eu conteste o primeiro gol do Botafogo, a falta de critério, nós entramos moles. Eu havia alertado sobre isso, que o Bota contra-ataca com velocidade, era preciso atenção. Fizemos os gols, pressionamos, mas não conseguimos o gol da vitória e uma falha no final acabou nos custando caro.”



GOALLEIA MAIS: GOAL
Bota 3 x 2 Atlético-MG  | Notícias do Brasileirão


Marcelo Oliveira não deixou de reclamar da arbitragem, que não viu o toque de mão no primeiro gol dos cariocas.

“Lamento esse tipo de árbitro. Embora saia de sorteio, não tem experiência. Precisa de árbitros mais experientes nesta reta final, fortes, para que eles não decidam o campeonato. Isso preocupa muito porque o futebol é muito caro, envolve muito interesse, e não posso dizer se é com intenção ou incompetência mesmo.”


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook