Últimas

Minoria cristã se torna “garimpeira do lixo” no Egito

18/10/2016 – 11:00

Reciclagem é chance de crescer economicamente em meio à discriminação religiosa e social



Minoria cristã se torna “garimpeira do lixo” no Egito Minoria cristã se torna “garimpeira do lixo” no Egito

O trabalho com a reciclagem de lixo tem surgido como a alternativa aos cristãos coptas no Egito.

Sofrendo com a discriminação religiosa e social, esse grupo tem encontrado nesse segmento a oportunidade de trabalho que poderá trazer sua ascensão social.

A BBC esteve no Cairo para acompanhar o trabalho de alguns coptas que moram no subúrbio e são chamados de “Zabaleen”, termo que define os catadores de lixo.

Desde os anos 70 os Zabaleen trabalham na reciclagem do lixo, separando plástico de papelão, tecido de material orgânico e vendendo esses materiais para a indústria.

A reportagem informa que há muitos jovens empreendedores que trabalham de ternos de grife e relógios no meio da chamada Cidade do Lixo.

Muitos têm diplomas, possuem carros caros e disputam casas na região onde o metro quadrado da “cidade” é de cerca de equivalente a R$ 3.600.

Um dos jovens que tem feito fortuna com a reciclagem de lixo é Adel que tem uma empresa onde garrafas plásticas são transformadas em espirais de encadernação.

Adel recebe lixo de todo o Egito e já possui outra máquina para trabalhar com a prensa de metal. O material produzido por ele é exportado para vários países do mundo, garantindo seus altos ganhos.


Fonte: Gospelprime.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook