Últimas

Missões evangélicas levam toneladas de alimentos para o Haiti após furacão

7/10/2016 – 21:00

Igrejas viram abrigos para centenas de desabrigados do Furacão Matthew  



Missões evangélicas levam toneladas de alimentos para o Haiti após furacão Missões levam toneladas de alimentos para o Haiti

A passagem do furacão Matthew pelo Caribe deixou um rastro de destruição principalmente no Haiti, Cuba e Jamaica. Os ventos chegaram a 230 quilômetros por hora. Segundo a Reuters, já são mais de 800 mortos. Existem mais de 350 mil desabrigados, sendo que muitos perderam tudo nos últimos dois dias. Esta é a pior crise humanitária no país desde o terremoto de 2010.

A região sul do Haiti sofreu os maiores danos. No total, 20 mil casas foram parcial ou totalmente destruídas. Pelo menos duas igrejas – uma católica e uma evangélica – ficaram reduzidas a escombros. A maioria dos templos que ainda estão de pé se transformaram em abrigos improvisados.

O bispo Josias Jocelyn, líder de uma congregação de 100 membros, explica que eles já estão recebendo ajuda humanitária de igrejas evangélicas do exterior. “O principal problema é que seis anos atrás fomos atingidos por outro desastre e ainda não havíamos terminado de reconstruir tudo”, lamentou o líder cristão.

Nas últimas horas, diferentes missões cristãs enviaram equipes para a Ilha caribenha. O pastor Franklin Graham, que preside a organização Bolsa do Samaritano, anunciou que um avião cargueiro DC-8 do ministério foi enviado para a ilha, levando missionários e alimentos.

Conhecida pela atuação após catástrofes naturais, Graham anunciou nesta sexta: “Nossas equipes estão em terra para ajudar a todos em nome de Jesus. Eles farão todo o possível para atender às necessidades dos que sofrem. Por favor, orem conosco pelo povo do Haiti, enquanto eles tentam se recuperar desta tempestade mortífera”.

Haiti assolado pelo furacão Mathew

Haiti assolado pelo furacão Matthew

Outra organização cristã que está apoiando os desabrigados no Haiti é a LiveBeyond, que fornece água potável e cuidados médicos em sua clínica, na região de Thomazeau. A falta de água é um dos principais problemas enfrentados pelos sobreviventes.

A Operation Blessing, ministério associado ao Clube 700, do pastor Pat Robertson, enviou nessa sexta-feira (7) cerca de 20 toneladas de alimentos, água potável, além de cobertores e vestimentas. Jody Gettys, diretora de operações, explica: “Nossa maior prioridade é cuidar do seu coração e sua alma. Nós estamos lá para confortá-los e compartilhar o amor de Jesus de maneiras práticas”.

Pelo menos 20 ministérios cristãos já estão deslocando voluntários para o Haiti e Cuba, para oferecer ajuda e tentar minimizar o sofrimento. Existem diferentes campanhas de oração pelo povo haitiano. Com informações de CBN e Christian Examiner


Fonte: Gospelprime.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook