Últimas

Novas vagas na Libertadores criam dúvida se Corinthians deveria mudar planejamento

Timão pode contratar um novo técnico, com mais experiência, para buscar vaga no novo G-6 do Brasileirão

Assim que demitiu Cristóvão Borges, a diretoria do Corinthians anunciou que não iria contratar um técnico até o final do ano e deixaria o auxiliar Fabio Carille no comando. Como o time estava mal e cada vez mais longe da antiga zona de classificação para a Copa Libertadores, aquilo foi visto como um sinal de que o Corinthians estava se focando no projeto de 2017. Porém, o aumento de vagas na Libertadores pode mudar esse planejamento.



GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Notícias do Corinthians | Final da Libertadores em 2 jogos | Cadê os matadores?


Com as mudanças no formato da Copa Libertadores, agora seis times podem se classificar pelo Campeonato Brasileiro. Isso aumentou muito as chances do Corinthians, que está em sétimo, a um ponto do G-6.

A oportunidade é boa, mas existe um grande problema: o fraco desempenho do time, que não vence há cinco jogos. Sob o comando de Carille, foram duas derrotas até agora, logo para Fluminense e Botafogo, adversários diretos na briga pelo novo G6. 

Então está criada a dúvida: o Corinthians não deveria contratar um treinador mais experiente para buscar essa vaga com mais afinco? Seria uma quebra de palavra do presidente Roberto de Andrade, que prometeu manter Carille até o fim do ano. Mas ele poderia alegar que não contava com essa mudança na regra no meio do campeonato.

Números do Corinthians no Brasileirão 2016:

O técnico Roger Machado, ex-Grêmio, continua livre no mercado e já foi muito especulado no Timão. A diretoria ficou dividida e nem todos querem a contratação dele para 2017. Alguns defendem que o ideal é esperar Eduardo Baptista concluir seu trabalho na Ponte Preta e contratá-lo para a nova temporada. Porém, essas opiniões também podem ser alteradas por causa da criação do G-6. 

Outro dilema que envolve o Corinthians é a disputa da Copa do Brasil, competição que também dá uma vaga na Libertadores para o campeão. Carille ou quem for o técnico do Timão terá que definir qual competição será a prioridade do clube.

Então as dúvidas estão criadas. A única certeza é que a Conmebol bagunçou o planejamento de muitos clubes brasileiros e agora eles precisa revisar seus projetos. O Corinthians tem muito a ganhar se fizer isso corretamente.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook