Últimas

Oswaldo de Oliveira estreia com pé direito no Corinthians

Timão venceu América-MG por 2 a 0 e subiu duas posições, se aproximando do G6

Afastados dos principais holofotes, já que está longe da briga pelo título do Campeonato Brasileiro, o Corinthians venceu o América-MG por 2 a 0 em Itaquera no último domingo (16), pela 31ª rodada da competição, na estreia de Oswaldo de Oliveira no comando da equipe.

Apesar do adversário não ter apresentado grande resistência e Oswaldo ainda não ter tido tempo de dar o ‘seu toque’ no time, o treinador começou com o pé direito no Timão. Com a vitória, a equipe alvinegra subiu duas posições na tabela, se aproximando do G6, o que dá uma tranquilidade ao novo comandante neste início de trabalho, pelo menos por enquanto.

 © Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians / Divulgação

Os resultados serão cruciais para manter a já citada tranquilidade, que o técnico vai precisar para alcançar os objetivos do clube. 

Oswaldo não será – e não deve – ser visto como ‘salvador da pátria’ por uma vitória sobre o lanterna do Brasileirão. Mas por outro lado, o resultado positivo mostra que o treinador merece ao menos ter tempo para mostrar o que pode fazer pelo time antes de ser alvo de tantas criticas.

Com duas assistências, a ótima atuação de Guilherme foi fundamental para a vitória do Timão e o meia indicou que pode ajudar a equipe a conquistar os seus objetivos nesta reta final. O clima também pareceu bem mais ameno do que nos últimos jogos na Arena, que tinha tido uma queda brusca no seu público, mas teve um aumento no domingo (16).

O Corinthians está nas vésperas de outro jogo que promete ser importantíssimo para Oswaldo neste início: o time irá enfrentar o Cruzeiro na próxima quarta-feira (19), em duelo decisivo pelas quartas de final da Copa do Brasil. Se vencer, o treinador terá mais alguns dias sem tantas criticas, caso contrário, será outra história.



GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Quem será o goleiro de Oswaldo? | As probabilidades do BR | Os clássicos mais picantes do mundo



Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook