Últimas
secom

Penedo inicia a implantação do Prontuário Eletrônico do Cidadão nos Postos de Saúde

Com os avanços dos processos tecnológicos, todos ganham em agilidade e praticidade. Em muitos casos, o tempo resposta cai a zero e as falhas reduzem substancialmente. Por isso, é preciso caminhar lado a lado, principalmente dos processos de informatização. 

O Ministério de Saúde estabeleceu um prazo aos municípios para a implantação do Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC), em todos os Postos de Saúde. A plataforma eletrônica vai facilitar o acesso à informação de cada paciente, acompanhar o histórico, os dados e o resultado de exames, podendo acontecer a partir de qualquer Unidade de Saúde gerida pela Secretaria de Saúde de Penedo. 

Para o secretário de Saúde Pedro Madeiro, o Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC), facilitará ainda, o acesso do Ministério da Saúde às informações de cada usuário do Sistema Único de Saúde (SUS). 

“O plataforma facilitará o acesso às informações de cada paciente, em qualquer Posto de Saúde que ele for buscar atendimento dentro do município. Além disso, é possível verificar ainda a disponibilidade de medicamentos nas farmácias, isso de forma imediata e também registrar visitas dos agentes de saúde aos pacientes em suas residências. Os ganhos com o processo de informatização são enormes. Além disso, o Ministério da Saúde também terá fácil acesso às informações dos usuários do SUS. Todos ganham com o processo de informatização”, explicou o secretário de Saúde de Penedo. 

O PEC entrou em operação nesta segunda-feira (17), pelo Posto de Saúde do Conjunto Rosete Andrade. Os servidores lotados nesta unidade foram capacitados por um profissional em Tecnologia da Informação (TI). O minicurso ocorreu na última quinta, 13 e sexta, 14. 

A implantação da plataforma digital vai obedecer ao cronograma estabelecido pela direção da Secretaria de Saúde de Penedo. O próximo Posto de Saúde a receber o Prontuário Eletrônico do Cidadão (PEC), será o do bairro Vitória.  

Com o fim do prontuário de papel, o Ministério prevê uma economia de aproximadamente R$ 84 milhões por ano, com o uso das novas tecnologias da informação. Todas as cidades brasileiras devem se enquadrar à norma até o mês de dezembro.

 

— 

 

 

Att., Roberto Miranda

Secretário de Comunicação da Prefeitura de Penedo 

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook