Últimas

PF acredita que sonegação do forró chega a R$ 500 milhões

A Polícia Federal informou, no início da tarde desta terça-feira, que a Operação For All indica um volume de R$ 500 milhões que possivelmente teriam sido sonegados por empresas de entretenimento, que patrocinam pelo menos quadro bandas de forró de sucesso.

Deflagrada nesta manhã, a operação apreendeu R$ 600 mil em espécie com alvos da investigação. Os cantores da banda Aviões do Forró, Xand e Solange Almeida foram conduzidos coercitivamente para depor na Superintendência da PF em Fortaleza. Aviões do Forró é agenciada pela A3 Entretenimentos.

Um total de 26 empresas do setor estão na mira da For All. O dinheiro sonegado era usado para ampliação patrimonial dos envolvidos. A operação já contabilizou a omissão de rendimentos tributados de cerca de R$ 120 milhões entre os anos de  2012 e 2014. A Receita e a PF acreditam que somando a sonegação de todas empresas envolvidas o valor chegue a R$ 500 milhões.

Mais informações em instantes


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook