Últimas

Polícia localiza carro de professor da Ufal desaparecido após prisão de suspeitos

Um corpo foi encontrado enforcado e carbonizado dentro do automóvel

 

As buscas pelo professor da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) terminaram de forma trágica nesta quinta-feira (06). O veículo do Daniel Thiele foi localizado em um canavial, próximo ao município de Pilar, totalmente carbonizado com um corpo dentro.

Duas pessoas estão presas na sede da Divisão Especial de Capturas (Deic) que estava à frente das investigações. Nesse primeiro momento ainda não há confirmação sobre a identificação do corpo, que estava enforcado com um pedaço de arrame.

A Polícia chegou até o local exato onde estava o veículo com a delação dos presos, que são suspeitos de terem sequestrado e assassinado o professor. Thiele estava desaparecido desde o dia 20 de setembro quando foi visto pela última vez no prédio, onde morava.

A Polícia Civil já havia descartado a possibilidade de sequestro e dado como remota as chances de encontrar o professor com vida. A principal linha de investigação mantida pela polícia é crime passional ou latrocínio.

A identificação do automóvel foi possível através da placa do carro e do número do chassi.  

O caso

O doutor em Química foi visto na quarta-feira (20), quando saiu do prédio onde mora, no bairro de Ponta Verde, em seu carro, um Focus prata de placas NLZ-2301.

Neste dia, ele não compareceu para ministrar a aula na instituição onde leciona, tampouco deu alguma explicação para justificar a sua falta.

O irmão de Daniel, Marcelo Thiele, procurou a Polícia Civil para registrar um boletim de ocorrência relatando o desaparecimento. Daniel foi visto pela última vez no dia 19 de setembro no bloco de Química onde ele dava aula.

 

Por Gilca Cinara

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook