Últimas

PSB perde Caruaru e segundo turno será entre Raquel Lyra e Tony Gel

Pela primeira vez Caruaru terá segundo turno e vão concorrer Tony Gel (PMDB), que obteve 37,10% dos votos, e Raquel Lyra (PSDB), que somou 26,08%. Para o PSB uma derrota de peso duplo, pois apostou as fichas no vice-prefeito, o socialista Jorge Gomes, quarto colocado (19,9%). Isso após ter negado legenda para Raquel que, para para se candidatar, saiu da sigla, rompendo relações de maneira pouco amistosa. Agora o PSB ficou nas mãos do grupo do prefeito José Queiroz (PDT) que vai decidir quem Gomes apoia.

Tanto Tony Gel quanto Raquel Lyra fizeram campanha com um alto tom de oposição à gestão do pedetista e nesse sentido, pretendem buscar os votos do terceiro colocado na disputa, o Delegado Lessa (23,9%) que foi para o palanque com o um forte discurso de renovação. “Teremos dois dias para decidir essas alianças, mas nosso discurso será voltado no eleitor que no primeiro turno não apostou na nossa mensagem. Queremos dialogar com eles”, disse Raquel. Tony Gel também evitou sinalizar caminhos. “A gente se colocou em uma posição de mudança em relação à gestão de Queiroz e ainda não sei como o eleitorado vai se portar. Ainda é cedo para decidir”, disse o peemedebista.

Ainda assim, nenhum deles fala em dispensar o apoio do atual prefeito, pois isso significa as bençãos do PSB estadual. Para Queiroz, tanto o eleitorado dele tem mais afinidade com a linha da família Lyra, quanto ao longo dos últimos anos o diálogo se construiu de maneira melhor com Raquel que pertencia ao ninho socialista. Queiroz sempre foi um forte apoiador do governo do PSB. Por outro lado, mesmo com postura e discurso mais afastado do prefeito, Tony Gel pertence ao PMDB, partido aliado da gestão Paulo Câmara. Jorge Gomes deve se reunir hoje com José Queiroz e com o presidente do PDT, Wolney Queiroz, para avaliar a melhor estratégia. Ele porém, que a neutralidade está descartada.


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook