Renata Augusto, a Dinalda de Haja Coração, fala sobre o fim de sua personagem: “Podia arrumar um marido rico”

Renata Augusto (Dinalda) - Foto: TV Globo/ Caiuá Franco

Renata Augusto (Dinalda) – Foto: TV Globo/ Caiuá Franco

Intérprete de Dinalda no folhetim Haja Coração, Renata Augusto se destacou tanto na trama de Daniel Ortiz que nem parece ter sido contratada como coadjuvante para a novela.

Ao lado de Carolina Ferraz, Ellen Rocche e Malu Mader, ela apronta poucas e boas para conseguir um troco no final do mês, já que trabalha de graça para as patroas.

Para Renata, a personagem acabou complementando o núcleo de uma maneira especial, como o tempero que faltava à trama, segundo afirmou a atriz à coluna TV e Lazer do jornal Extra:

“A Dinalda é a pimenta do grupo, o elemento que dá uma pitada a mais de humor nas histórias da Leonora, da Penélope e da Rebeca. Sinto que o público me adotou, não esperava que fosse virar um quarteto”, disse à publicação.

Aos 40 anos, Renata define a personagem como uma mãezona:

“No fundo, Dinalda é uma mãezona, só quer o bem das patroas. É claro que ela tem suas recompensas, afinal, salário que é bom, nada (risos). Mas Dinalda tem valores, não é fura-olho, nem invejosa. Ela representa, de certa forma, as mulheres que precisam sustentar sozinhas as suas famílias”, diz ela, que é mãe de Bernardo, de 5 anos.

Em outro trecho da entrevista, a atriz falou sobre o final de sua personagem e próximos trabalhos:

“Seria incrível se ela arrumasse um marido rico, ganhasse na loteria ou ficasse famosa”, disse. “Não recebi convite para uma outra novela. Se aparecer uma proposta, não recuso. Não fico parada, estou sempre correndo atrás”, completou.


Fonte: Cenapop.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook