Últimas

Solto para jogar na Seleção, Giuliano exalta Tite e comemora fase goleadora

Em entrevista coletiva realizada neta terça-feira (04), o meia do Zenit falou sobre a chance como titular do Brasil e exaltou o treinador da Seleção

Giuliano vive um dos melhores momentos de sua carreira. O meia-atacante, que deixou o Grêmio para acertar com o Zenit, tem sido o grande craque da equipe russa. Seja balançando as redes ou com assistências, falou em gol… raramente não falou em Giuliano, que já fez 9 gols e deu sete assistências em 10 partidas.



GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
Os titulares de Tite | Kaká bate na trave | Confira a numeração da Seleção Brasileira!


Até por isso, o jogador foi lembrado por Tite na lista da Seleção Brasileira para as partidas contra Bolívia e Venezuela, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, e deverá ser escalado no time titular. Escolhido para conceder entrevista coletiva nesta terça-feira (04), Giuliano falou sobre diversos assuntos. Confira! 

Posição que vai jogar na Seleção Brasileira

“Nessa formação com três homens no meio-campo, eu exerço função pelo lado direito, é onde comecei com o Tite, espero colaborar da melhor maneira possível, com muita concentração para conseguir nosso objetivo que é a vitória.”

Giuliano, atento às instruções de Tite (Foto: Pedro Martins / MoWa Press / Divulgação)

“Nós temos por característica jogar com posse de bola, ter construção com jogadores vindo de trás. Temos jogadores que se posicionam bem para não precisar de tantos com característica de marcação. Essa inteligência dos jogadores faz diferença para termos um sistema bastante consistente.”

“Esse momento faz parte do futebol, alguns se lesionam, outros ficam fora, é o momento de demonstrar que você tem um grupo de qualidade. Provar que quem vai entrar está concentrado, tranquilo em relação a isso. Confiamos uns nos outros. Com esse espírito vamos para campo, para conseguirmos essa afirmação com a Seleção jogando bem.”

(Foto: Pedro Martins / MoWa Press / Divulgação)

“Não vamos mudar nossa característica de jogo. Mudamos um pouco os jogadores que atuam, mas nosso objetivo é ter a posse de bola e agredir a Bolívia, e vencer.”

Força do grupo

“Todos os convocados têm qualidade para serem titulares. Você briga nos treinamentos, o que faz no clube proporciona essa confiança do treinador e essas oportunidades, por lesões ou suspensões. Temos que aproveitar e depois deixar o treinador decidir. Importante é fazer bem para que ele tenha uma dor de cabeça boa.”

O que esperar dos jogos contra Bolívia e Venezuela?

“Sabemos que tecnicamente nossa seleção é melhor, nosso momento é melhor. Apesar do processo de evolução, ter ganhado duas partidas seguidas. Para essa ascensão continuar temos que vencer o próximo jogo. Um adversário difícil, motivado por jogar contra Seleção e torcida, temos que estar muito bem preparados. Ter humildade para reconhecer qualidade do outro lado”.

Características

“Tenho característica de jogar no meio-campo em diversas funções, ora como segundo atacante, ora pelo meio. Tenho liberdade de criação, de chegar à área, essa função me proporciona estar perto do gol. Vivo uma fase importante na minha carreira, de muitos gols, justamente por essa liberdade de movimentação. Espero repetir na Seleção”.

Já que está pendurado, vai forçar cartão?

“Talvez exista em alguns clubes, mas não é nosso caso. Meu momento não é de se poupar ou pensar lá na frente. Tenho que pensar na oportunidade que estou tendo. Se tomar cartão amarelo faz parte, importante é deixar tudo dentro de campo para a Seleção sair beneficiada.”

O jeito de Tite com os jogadores

“Estou acostumado com o Tite desde a época do Internacional. Ele é um excelente profissional e tem por índole ser um cara justo, honesto, que olha no olho do jogador e explica a situação. Assim ele fez com Willian e Coutinho, é sempre assim que ele age. Faz com que todos tenham consciência de serem importantes. Essa briga leal nos motiva para jogar em alto nível.”

(Foto: Pedro Martins / MoWa Press / Divulgação) 

“Estou consciente de que também sou jogador da confiança do Tite, tanto que ele confia em mim para substituir Paulinho nesse jogo. Tenho que pensar nesse jogo, é a oportunidade da minha vida, onde posso mostrar que mereço estar aqui e que posso ser um jogador útil na Seleção.”

Expectativa para a Copa do Mundo

“Até a Copa tem bastante tempo, estou vivendo esse momento, precisamos nos colocar numa posição de classificação. Minha cidade, São Petersburgo, vive momento de mudança, de criação de um novo estádio muito bonito. para 60 mil pessoas. A população já vive um pouco esse espírito de Copa do Mundo, estão mexendo um pouco nas ruas, e se preparando bem para estar tudo bem na Copa do Mundo.”

Teve sondagem do Corinthians, na época de Tite?

“Quando Tite esteve atrás de mim no Corinthians eu soube dessa sondagem, entramos em contato, fico feliz de poder trabalhar com ele depois de um longo tempo afastado. Eu segui minha vida, ele seguiu a dele, foi vitorioso, e agora estamos juntos novamente.”


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook