Últimas

Temer: Cide de combustíveis não vai aumentar

O presidente Michel Temer afirmou neste sábado (15) que a Cide combustíveis “não vai aumentar”. Depois que a Petrobras determinou nas refinarias uma redução média do diesel de 2,7% e da gasolina de 3,2%, especialistas apontaram que a contribuição poderia ser elevada, especialmente para compensar perdas de caixa da estatal que viriam da diminuição de preços de combustíveis. “Não há nada concreto a respeito disso”, disse Temer.

“O que há, o presidente Pedro Parente me ligou antes de ontem, haveria uma reunião da diretoria logo em seguida, no final da tarde, e ele me antecipou que muito possivelmente haveria uma redução do valor do óleo diesel e da gasolina”, comentou o presidente da República. “Evidentemente que isto estava vinculado, dizia ele, ao mercado internacional. Portanto, haverá uma avaliação a cada mês, a cada 2 meses, tendo em vista o mercado internacional.”

“Aliás, quando nos pensamos no teto dos gastos públicos nos pensamos exatamente na possibilidade de evitar qualquer tributação”, disse o presidente. Ele destacou que durante um bom período “falou-se muito da CPMF”, que seria elevada. “E nos tentamos evitar o quanto possível qualquer espécie de nova tributação, especialmente a CPMF. E confesso que a CIDE é a primeira vez que eu ouço.”


Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook