Últimas

Todos vs Icardi: a estranha obsessão do atacante argentino pelo holofote

Xingado pelos próprios torcedores, o atacante causou a fúria dos italianos com a sua autobiografia

O capitão do time pega a bola, vai para a cobrança do pênalti e desperdiça. Ao contrário da tristeza, parte da torcida comemora entusiasticamente. Parece obra de ficção, mas isso realmente aconteceu no último domingo (16), quando Mauro Icardi desperdiçou a penalidade máxima na derrota por 2 a 1 da Internazionale para o Cagliari, em Milão.



GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
#GoalDeCanela: os fatos da semana | Inter renova com Icardi | “Não há problemas entre Messi e Icardi”


Achou exagero? Antes mesmo de o pontapé inicial ser dado no San Siro, os Ultras (como são chamadas torcidas organizadas na Itália) mostraram uma faixa que deixava claro todo o desprezo pelo camisa 9: “Você usa uma criança para se justificar, e joga lama em nossas caras. Você não é homem. Você não é um capitão. Você é apenas um pedaço ruim de m*rda”.

O “carinho” da Curva Nord com o atacante (Foto: Getty Images)

A criança em questão pode até nem mesmo existir. Ela é parte de um capítulo da polêmica autobiografia, lançada por este que atualmente é um dos jogadores mais polêmicos do futebol atual. Na publicação, lançada recentemente, Icardi relata um episódio no qual teria defendido uma criança dos Ultras interistas.

“No vestiário, eu sou aclamado como herói porque ninguém nunca os enfrentou desta maneira”, escreveu Icardi no livro ‘Sempre avanti’ (Sempre para a frente, em tradução livre).

É lógico que os torcedores da chamada Curva Nord – por causa do local onde se reúnem dentro do estádio de San Siro – não gostaram nem um pouco. Como se já não bastasse o histórico anterior do atacante, que se envolveu com a então esposa do atacante Maxi López, Wanda Nara, e casou com ela. Recentemente, Maxi López revelou que mafiosos da argentina se ofereceram para ‘cortar as mãos e as pernas’ do ex-amigo; na Seleção Argentina, Icardi não seria bem recebido a pedido de Lionel Messi e dizem que no vestiário da Inter, Mauro não é bem visto exatamente por ter se envolvido com Wanda.

Wanda, ainda namorada de Maxi López, durante viagem feita na época em que os argentinos eram amigos (Foto: Reprodução/Instagram)

Wanda virou esposa e empresária de Icardi. Antes de o jogador renovar com a Inter, deu declarações que a torcida não gostou (Foto: Getty Images)

Em nota publicada, com algumas ofensas mais brandas, os ultras da Curva Nord exigiram que a faixa de capitão seja retirada de Icardi. O atacante, que recentemente renovou o seu vínculo com o clube até 2017, se justificou.

“Eu apenas dei o meu testemunho sobre um incidente”, escreveu. “Se eu tivesse o mínimo de cérebro no meu crânio, certamente não teria arriscado ofender a curva. Eu não quero ofender ou desrespeitar ninguém (…) Só peço uma coisa como capitão: fiquem próximos da Inter, como vocês sempre fizeram, porque meus companheiros de time e eu precisamos de vocês. Com carinho, Mauro”.

(Foto: Getty Images)

Olhando toda essa situação de longe, impossível não pensar que a Inter de Milão mostra, fora de campo, a mesma desorganização apresentada pela equipe nos jogos realizados até então. Será que ninguém leu o livro, antes do lançamento? Não sabiam que as declarações feitas por uma pessoa que tanto curte estar sempre em evidência pública poderiam piorar um ambiente?

Icardi é polêmico, mas os ultras estão longe (muito longe) de serem santos. Nessa história, não tem quem está certo ou errado. Não tem nenhum vencedor… somente perdedores.


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook