Últimas

Zidane: "Não sou um mago"

O treinador do Real Madrid vai ter que tirar um coelho da cartola para montar um time com tantos lesionados

Tentando recuperar a liderança da Liga Espanhola, o Real Madrid visita o Real Bétis, neste sábado (15). Após a pausa para os jogos das seleções, os craques do time voltaram para o clube, mas o foco da coletiva de imprensa de Zinedine Zidane foi… ele mesmo.  



GOALVEJA TAMBÉM: GOAL
CR7 declara amor ao Real | Os maiores acordos de patrocínio | Kroos comemora renovação


É que o treinador terá que quebrar a cabeça para encaixar o titular com tantas lesões: James Rodríguez, Sérgio Ramos, Casemiro, Luka Modric e Fábio Coentrão estão todos no departamento médico. Seria preciso fazer mágica neste final de semana, mas Zidane já reconheceu suas próprias limitações.  

“(Alguns) jogadores não estavam aqui, então não vimos nada com eles até ontem. Com os outros trabalhamos muito bem. Aqueles que estavam com as seleções foram muito bem, com gols e tudo. Quando você não ganha é porque provavelmente você não fez tudo isso. Vai ser um jogo difícil, mas eu não sou um mágico. Eu só acredito no trabalho e no sacrifício. Eu vejo todos os jogadores muito envolvidos e é isso que me tranquiliza”, disse ele.  

É claro que muitos torcedores do Real Madrid pensam que Zidane pode tirar um coelho da cartola em cada momento de dificuldade. Afinal, ele assumiu a equipe no início do ano com a temporada 2015-16 praticamente perdida e ainda assim conseguiu levar os Blancos a mais um título da Champions League.  

“A chave para mim é buscar a solução. Nunca me considerei um grande treinador, nunca pensei nisso. Faço o meu trabalho, busco soluções. Posso ganhar a Champions League e nunca vou pensar que sou o melhor treinador. Sou jovem, tenho vontade de aprender, e todos os dias quero reforçar o meu compromisso de treinar este grande clube com suas complicações”, finalizou. 


Fonte: Goal.com

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook